Elon Musk vende mais ações da Tesla no valor US$ 687 milhões


Bilionário já havia se desfeito de cerca de US$ 5 bilhões de dólares em papéis no início da semana. Movimento aconteceu após enquete com internautas no Twitter. Elon Musk, CEO da Tesla
Reuters
O presidente-executivo da Tesla, Elon Musk, revelou uma venda adicional de ações da fabricante de carros elétricos no valor de cerca de US$ 687 milhões, conforme mostraram documentos regulatórios nesta sexta-feira (12), após ele se desfazer de cerca de US$ 5 bilhões de em papéis no início da semana.
Musk vendeu 587.638 e 52.099 ações detidas por seu fundo em 11 de novembro através de várias transações, de acordo com dois documentos separados.
Musk, a pessoa mais rica do mundo e principal acionista da Tesla, escreveu no Twitter na semana passada que venderia 10% de suas ações se os usuários da plataforma de mídia social aprovassem a mudança.
Fortuna de Musk: bilionário perdeu US$ 50 bilhões após enquete
ENTENDA: por que Musk sugeriu a vendas das ações?
Na primeira rodada de venda, os registros mostraram que o fundo de Musk vendeu quase 3,6 milhões de ações da Tesla, no valor de cerca de US$ 4 bilhões, enquanto ele também vendeu outras 934.000 ações por US$ 1,1 bilhão de dólares para cobrir obrigações fiscais após exercer opções para adquirir quase 2,2 milhões de ações.
Antes da venda, Musk possuía uma participação de cerca de 23% na Tesla, incluindo opções de ações.
Musk havia dito anteriormente que teria de exercer um grande número de opções de ações nos próximos três meses, o que geraria uma grande cobrança de impostos. Vender alguns de seus papéis poderia liberar recursos para pagar os impostos.
Conheça os negócios de Elon Musk:
Tecno Lógica: Banco prevê que Elon Musk será 1º trilionário do mundo