‘É como um prêmio Nobel’, diz mãe sobre conquista do filho autista que fez Enem no Piauí


Patrícia Mota afirmou que desde que o filho foi diagnosticado com espectro autista, tem trabalhado para que ele consiga passar por diversos obstáculos. Patrícia Mota se orgulha do filho que tem autismo e foi fazer prova no Enem
Reprodução/TV Clube
Foi com orgulho, que Patrícia Mota Gondim viu o filho Pedro Roberto Carvalho Neto, que tem Transtorno do Espectro Autista (TEA), fazer a prova do Enem 2021 neste domingo (21) no município de Parnaíba, Litoral do Piauí.
Patrícia Mota é presidente da Associação de Mães e Amigos dos Autistas de Parnaíba. Ela afirmou que desde que o filho foi diagnosticado com espectro autista, tem trabalhado para que ele consiga passar por diversos obstáculos.
“Ele participar do Enem é um milagre, pelo prognóstico que ele tem, pelas dificuldades que ele tinha, e chegar ao segundo grau preparado para fazer o Enem era uma coisa quase inatingível. Foi um trabalho e uma construção de muito tempo. De luta de investimento em profissionais, de terapia de segunda a segunda. Horas de estudos, então foi um trabalho de muito tempo”, afirmou.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
Pedro Roberto foi fazer a prova para o Enem
Reprodução/TV Clube
Para ela, é um orgulho ver o filho fazendo a prova sozinho.
“É como se ele tivesse ganhado um prêmio Nobel, porque era um sonho inatingível”, destacou.
Pedro Roberto Carvalho Neto pretende cursar odontologia, mas ele não esconde o orgulho que tem da mãe e que também gostaria de seguir a carreira dela.
“Eu queria ser policial, porque minha mãe é da polícia federal”, disse o jovem.
Veja as últimas notícias do g1 Piauí
VÍDEOS: Assista às notícias mais vistas da Rede Clube