Dusty Hill, baixista do ZZ Top, morre aos 72 anos


Ele tocava com a banda por mais de 50 anos. Grupo ficou conhecido por misturar hard rock e ritmos do sul dos EUA e pelas barbas gigantes de Dusty Hill e Billy Gibbons. Motivo da morte não foi divulgado. Frank Beard, do ZZ Top
Flávio Moraes/G1
Dusty Hill, baixista do ZZ Top, morreu aos 72 anos, em sua casa, no Texas. O motivo da morte não foi divulgado. Ele tocou com a banda por mais de 50 anos.
“Estamos tristes pela notícia de hoje de que nosso ‘compadre’, Dusty Hill, morreu enquanto dormia em sua casa em Houston, Texas. Nós, junto com as legiões de fãs do ZZ Top pelo mundo, vamos sentir falta de sua presença, sua boa natureza e seu compromisso duradouro em prover essa base monumental para o ‘Top'”, escreveram Billy Gibbons e Frank Beard, os membros remanescentes da banda. “Vamos sentir muito a sua falta, amigo”.
O ZZ Top ficou conhecido pelas barbas imensas de dois de seus membros – o guitarrista e vocalista Billy Gibbons e o falecido baixista Dusty Hill. O grupo foi um dos pioneiros na mistura de hard rock com os ritmos do sul dos EUA, absorvendo boogie, country e blues com músicas com letras sobre carros, bordéis e bebidas.
O trio texano era completado pelo baterista Frank Beard (que, apesar do sobrenome, não usa barba), e ficou famoso com a geração MTV por clipes como “Gimme all your loving” e “Sleeping bag”.
ZZ Top
Flávio Moraes/G1