Don Everly, pioneiro do country rock americano, morre aos 84 anos


Artista, que era a metade sobrevivente dos lendários Everly Brothers, morreu em Nashville, Tennessee. A causa não foi divulgada. Os Everly Brothers, Phil (esquerda) e Don, em julho de 1964
AP
Don Everly, pioneiro do country rock americano, morreu neste sábado, aos 84 anos, após uma carreira que encantou os fãs de sucessos como “Bye Bye Love” e “Wake Up Little Susie”. O anunciou foi feito neste domingo (22) pelo Hall da Fama da Música Country.
Everly, que era a metade sobrevivente dos lendários Everly Brothers, morreu em Nashville, Tennessee. A causa não foi divulgada.
O Hall da Fama chamou Don Everly de “um dos artistas mais talentosos e impactantes da história da música popular”.
Homenagens do mundo da música foram encabeçadas por Carole King, Roy Orbison Jr. e Julian Lennon, que tuitou: “RIP Don dos Everly Brothers, que, juntamente com o irmão Phil, escreveu algumas das canções mais memoráveis e clássicas de todos os tempos.”
A dupla, que influenciou cantores de rock e country por décadas, foi uma dos primeiras a serem premiadas no Hall da Fama do Rock em 1986, ao lado de Elvis Presley, Chuck Berry, Little Richard, Buddy Holly e Jerry Lee Lewis.
O irmão de Don, Phil Everly, morreu em 2014, aos 75 anos.
As harmonias agudas e fluidas da dupla trouxeram uma série de baladas e rocks de sucesso. “Wake Up Little Susie” e “All I Have to Do Is Dream” lideraram as paradas americanas na década de 1950. Sua produção diminuiu nos anos 1960, mas, ainda assim, eles tiveram sucessos como “Cathy’s Clown” e “Crying in the Rain”.
Don Everly (direita) e Phil Everly em outubro de 2000
Pat Vasquez-Cunningham/AP
Vídeos: Personalidades que morreram em 2021