Domenico Lancellotti dispara ‘Raio’, álbum solo gravado em Portugal


Domenico Lancellotti lança o terceiro álbum solo, ‘Raio’, em 26 de março
Daryan Dornelles / Divulgação
♪ Artista de origem fluminense que atualmente reside em Portugal, Domenico Lancellotti lança em 26 de março o terceiro álbum solo, Raio, gravado em terra lusitana com produção musical orquestrada pelo próprio Domenico.
Anunciada pelo single Vai a serpente, apresentado em 5 de março com música composta pelo artista em parceria com Bruno Di Lullo, a edição do álbum Raio marca a estreia do braço fonográfico da Arraial, editora lusitana de música.
O ponto de partida para a composição do repertório autoral do álbum Raio foi o convite feito a Domenico em 2018 por Lúcia Koch para a criação da trilha sonora de instalação de arte apresentada em Kansas City, cidade do estado norte-americano do Missouri (EUA).
Embora conhecido primordialmente como baterista e percussionista, Domenico Lancellotti é multi-instrumentista que também toca guitarra no disco.
Com ecos do suingue de João Donato, o single Vai a serpente tem o toque da guitarra de Domenico, por exemplo. Bem Gil toca violão e (também) guitarra na faixa. Raio é o primeiro álbum solo de Domenico Lancellotti desde Serra dos órgãos (2017).
Nascido em novembro de 1972 e atualmente com 38 anos, Domenico Lancellotti está em cena desde os anos 1990, década em que foi revelado como integrante da vanguardista banda carioca Mulheres Q Dizem Sim.
A projeção no universo pop brasileiro veio nos anos 2000 como integrante do trio +2 – formado com Kassin e Moreno Veloso – e como músico requisitado para discos e shows de artistas como Adriana Calcanhotto.