Documentários do Oscar 2021: de polvo genial a escândalo de saúde, conheça os indicados


‘Professor Polvo’, ‘Collective’, ‘Time’ ‘Crip camp: revolução pela inclusão’ e ‘Agente duplo’ são os indicados. Conheça histórias, veja trailers e saiba como assistir aos filmes. Documentários indicados ao Oscar 2021. Da esquerda: ‘Crip camp’; ‘Agente duplo’; ‘Professor polvo’; ‘Collective’ e ‘Time’
Divulgação
Documentários dos EUA, Chile, Romênia e África do Sul estão na lista de indicados ao Oscar 2021. Os assuntos também variam muito: um polvo genial, uma crise sanitária nacional, a luta contra o encarceramento, um acampamento para pessoas com deficiência e um asilo misterioso.
Oscar 2021 terá transmissão ao vivo no G1
Veja lista completa de indicados
Conheça abaixo a história de cada indicado, veja os trailers e saiba como assistir:
‘Professor Polvo’
A história: Craig Foster, mergulhador da África do Sul, passa um ano registrando diariamente a vida de um polvo, e cria uma relação afetiva com o molusco. A proximidade entre eles e os sinais de inteligência e até de carinho do polvo são impressionantes. Foster é criador da ONG ambiental Open Sea Project. O documentário sul-africano é o mais bem cotado para ganhar o prêmio de acordo com a imprensa especializada, apesar de a disputa em 2021 ser considerada acirrada.
Onde assistir: em streaming no Netflix
Veja o trailer:
Veja o trailer de ‘Professor polvo’
‘Collective’
A história: Em outubro de 2015, um incêndio atingiu uma boate em Bucareste, capital da Romênia, deixando 27 mortos, em caso semelhante ao da Boate Kiss no Brasil. Nos meses seguintes, mais 37 pessoas acabariam morrendo em hospitais romenos despreparados. Repórteres do jornal esportivo “Sports Gazette” descobriram que o desinfetante usado em hospitais de todo o país era diluído, a ponto de ser ineficaz. A investigação e o impacto na política romena só crescem ao longo de “Collective”, também indicado na categoria de Filme Estrangeiro.
Onde assistir: não foi lançado no Brasil ainda
Veja o trailer:
‘Collectiv’: assista ao trailer do documentário romeno
Leia mais: Caso de desinfetante hospitalar diluído matou jovens na Romênia e virou filme indicado ao Oscar
‘Agente duplo’
A história: Uma firma de investigação privada contrata um idoso amador para espionar um asilo no qual havia suspeita de maus-tratos. Sergio Chamy, que se revela um cuidadoso espião, passa a viver no asilo e enviar relatórios para a firma, mas cria relações próximas demais com seus alvos. O filme gerou controvérsia por sua classificação como documentário, já que os produtores admitiram que Sergio foi escolhido já como parte do elenco e algumas cenas são combinadas. De qualquer forma, tem momentos engraçados e emocionantes.
Onde assistir: Em streaming no Globoplay
Veja o trailer:
Veja o trailer de ‘Agente Duplo’
‘Crip camp: revolução pela inclusão’
A história: Um acampamento de verão para pessoas com deficiência em Nova York em 1971 muda a vida dos participantes e vira um marco na luta por seus direitos. Aplicando a onda de liberdade cultural da época às suas necessidades, eles ampliaram seus horizontes sociais e se transformaram em ativistas por inclusão e acessibilidade. Um grande trunfo do filme é ter produção executiva de Barack e Michelle Obama, assim como o vencedor desta categoria no Oscar passado, “Indústria americana”.
Onde assistir: Em streaming no Netflix
Veja o trailer:
Veja o trailer de ‘Crip camp: revolução pela inclusão’
‘Time’
A história: O documentário fala sobre prisão, mas na verdade é uma história de amor, de acordo com sua diretora, Garrett Bradley. O filme acompanha a ativista por reformas no sistema prisional dos EUA Fox Rich ao longo de várias décadas, enquanto ela luta para que o marido preso, Rob, que cumpre uma pena de 60 anos por um roubo a banco que o casal cometeu nos anos 1990, seja libertado de um presídio na Louisiana.
Onde assistir: Em streaming no Amazon Prime Video
Veja o trailer:
‘Time’: VEJA O TRAILER DO DOCUMENTÁRIO
Leia mais: ‘Time’ conta história de amor e leva luta por reforma do sistema prisional ao Oscar