Disney de Paris reabre após fechamento de 4 meses por conta da pandemia de coronavírus


Parque opera com capacidade limitada e é preciso fazer reserva para ingressos. Visitantes também devem manter um metro de distância dos outros e uso de máscara é obrigatório. Mickey e Minnie dão boas-vindas para os visitantes na reabertura da Disney de Paris nesta quarta (15)
Charles Platiau/Reuters
A Disneyland Paris voltou a recebeu visitantes nesta quarta-feira (15), depois de ficar quatro meses fechada devido ao surto de coronavírus, com regras para uso de máscaras faciais e distanciamento social.
Um fluxo constante de visitantes apareceu durante a manhã com um grupo usando orelhas de Mickey Mouse e dançando com alegria ao entrar no parque temático mais visitado da Europa.
Os visitantes do parque, que opera com capacidade limitada, foram instruídos a manter um metro de distância dos outros, o uso de máscaras é obrigatório, e centenas de gel higienizante e estações de lavagem das mãos estão espalhadas.
Para entrar no parque é necessário fazer reserva antecipada, não há venda de ingressos na entrada.
Os passeios em que o distanciamento social é difícil ainda não foram reabertos. Parques infantis e oficinas de maquiagem também permaneceram fechados.
Walt Disney World também reabriu no sábado (11) os dois parques mais populares em Orlando, apesar da onda de novas infecções na Flórida.
Entretanto, em Hong Kong, a empresa decidiu fechar temporariamente a Disneyland em meio a crescentes casos de coronavírus na cidade governada pela China.
Dois parques da Disney reabrem em Orlando nos Estados Unidos; Veja o que muda