Diogo Nogueira abre parceria com Moacyr Luz entre as músicas inéditas do álbum ‘Lua’


Cantor revive sucesso de Gilberto Gil no último disco ao vivo da trilogia ‘Samba de verão’. ♪ Diogo Nogueira fecha a trilogia do projeto audiovisual Samba de verão com a edição do álbum Lua, programado para sexta-feira, 5 de março. Ao longo das nove faixas de Lua, o cantor e compositor carioca dá voz a quatro músicas inéditas.
Cadê? – uma dessas músicas inéditas – é a primeira parceria de Diogo com Moacyr Luz. Samba que abre o disco, Vai embora não traz as assinaturas dos compositores Claudemir e Rodrigo Leite. Patrimônio mais nobre (Gabrielzinho do Irajá e Waltis Zacarias) e Um pedido (Carlos Caetano e Sombra) completam o lote de inéditas de Lua.
No fecho da gravação ao vivo feita em 26 de novembro de 2010 em balsa montada em Niterói (RJ), na Baía de Guanabara, o artista também cai no samba de Gilberto Gil (Aquele abraço, de 1969) e junta três sambas da lavra de Jorge Aragão – Ontem (1988), Minha meu sonho (1989) e Já é (Jorge Aragão e Flávio Cardoso, 2000) – em medley que reitera o tom comemorativo de grande parte do repertório selecionado por Diogo Nogueira para este projeto de verão.