DiCaprio publica tuíte criticando Bolsonaro sobre a Amazônia e Salles responde: ‘Vai colocar seu dinheiro?’

A publicação foi uma resposta a outra feita pelo ator que pergunta: ‘De que lado você está: da Amazônia ou de Bolsonaro?” DiCaprio publica tuíte criticando Bolsonaro sobre a Amazônia e Salles responde
O ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles respondeu a críticas feitas pelo ator e ativista ambiental Leonardo DiCaprio sobre a forma com que o governo de Jair Bolsonaro lida com a Amazônia. Ele perguntou se o astro vai “colocar seu dinheiro” em um programa de preservação do governo federal.
“Caro, o Brasil está lançando o projeto de preservação ‘Adote Um Parque’, que permite a você ou qualquer outra empresa ou indivíduo escolher um dos 132 parques na Amazônia e patrociná-lo diretamente com 10 euros por hectare em um ano. Você vai colocar seu dinheiro onde sua boca está?”, escreveu o ministro na mensagem em inglês.
Mourão responde DiCaprio e convida ator a conhecer ‘como funcionam as coisas’ na Amazônia
A publicação foi uma resposta a outro tweet do ator em que ele divulgou um vídeo da Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (APIB) seguido de uma mensagem em inglês que pergunta a “cidadãos, governos e pessoas ao redor do mundo: ‘De que lado você está: da Amazônia ou de Bolsonaro?”
O ator também publicou as hashtags em inglês “Corte o financiamento de Bolsonaro”, “Amazônia ou Bolsonaro” e “De que lado você está?”
Mourão e Salles contestam críticas a queimadas na Amazônia com vídeo de animal da Mata Atlântica
DiCaprio já foi alvo outras vezes de críticas do governo, inclusive feitas diretamente pelo presidente, que chegou a acusá-lo sem apresentar qualquer prova de financiar pessoas que colocaram fogo em trechos da floresta amazônica.
À época, DiCaprio negou ter feito doações a ONGs citadas em investigações sobre incêndios florestais no Brasil.
“Embora mereçam apoio, nós não financiamos as organizações citadas”, afirmou. No comunicado, o ator disse ainda ter orgulho de grupos que protegem ecossistemas e elogiou o povo brasileiro, que “está trabalhando para salvar seu patrimônio natural e cultural”.
O ator norte-americano anunciou no ano passado que sua Fundação Earth Alliance (Aliança da Terra) iria doar US$ 5 milhões (aproximadamente R$ 26 milhões) para ações de combate às queimadas na Amazônia por meio de um fundo emergencial para o financiamento de comunidades indígenas.