Diana Rigg, atriz de ‘Game of Thrones’, morre aos 82 anos


Atriz venceu prêmios Emmy e Tony. Segundo seu agente, ela morreu ‘em paz, em casa com sua família’. Diana Rigg, em foto de abril de 2019
Joel Saget/AFP/Arquivo
A atriz Diana Rigg, vencedora de prêmios Emmy e Tony, morreu aos 82 anos nesta quinta (10) em sua casa na Inglaterra.
“Ela morreu em paz nesta manhã. Estava em casa com sua família, que pediu privacidade nesse momento difícil”, disse seu agente à BBC.
Com mais de 60 anos de carreira, a atriz acumula mais de 70 papéis em séries e filmes. Participou de grandes sucessos da TV, recentes e antigos: foi a Lady Olenna Tyrell na série britânica de sucesso “Game of Thrones” e a agente Emma Peel na série “Os Vingadores” (1965-1968).
Em 1997, venceu o Emmy na categoria de melhor atriz coadjuvante pelo papel de Mrs. Danvers na minissérie “Rebecca”.
Ao lado da filha e também atriz Rachael Stirling, participou de um episódio de “Doctor Who” em 2013, chamado “The Crimson Horror”.
Diana Rigg foi Tracy Draco em ‘007 a serviço secreto de sua majestade’ (1969)
Divulgação/MGM
Cinema e teatro
A atriz também se destacou no cinema, entre os papéis mais populares está o da Sra. James Bond no filme “007 – A Serviço Secreto de Sua Majestade” (1969).
Por sua atuação no longa “The hospital”, de 1971, recebeu uma indicação a melhor atriz no Globo de ouro do ano seguinte.
Rigg também estrelou peças na Broadway: “Abelard and Heloise” (1971); “The Misanthrope” (1975) e “Medea” (1994), pela qual venceu o Tony de melhor atriz.
No teatro, protagonizou “Macbeth” ao lado de Anthony Hopkins no National Theatre, em Londres, em 1972.
A atriz nasceu em 20 de julho de 1938 em Yorkshire, na Inglaterra. Começou a carreira nos palcos em 1957 com a peça “O círculo de giz caucasiano”, de Bertolt Brecht.
Diana Rigg e o ator Anthony Hopkins na estreia de ‘Macbeth’ no National Theatre, em Londres. Foto de setembro de 1972
Bob Dear/AP/Arquivo