Depois da Apollo 11, outras seis missões dos EUA pousaram na Lua

O Programa Apollo da Nasa teve 17 missões, entre elas, seis tiveram como destino a Lua. Muitos pensam que o homem pisou em território lunar apenas uma vez, mas, na verdade, 12 astronautas de seis missões Apollo desembarcaram no satélite natural da Terra

Missão Apollo 11: a primeira e mais conhecida expedição que levou o homem a pisar na Lua em 20 de julho de 1969 completou 50 anos. O objetivo dessa missão era cumprir a meta proposta pelo então presidente norte-americano, John F. Kennedy, em 25 de maio de 1961, de aterrissar na superfície lunar. O desafio de colocar o primeiro homem na Lua surgiu em 1954, durante a Guerra Fria, a corrida espacial travada entre os Estados Unidos e a então União Soviética, na época

A viagem espacial, que levou três astronautas, o piloto Michael Collins, o comandante Neil Armstrong e o piloto do módulo lunar Buzz Aldrin, iniciou em 16 de julho de 1969 e chegou à Lua quatro dias depois. Além de ter sido um marco, a missão trouxe benefícios e inovações que são usados até hoje

Missão Apollo 12: a segunda missão do programa ocorreu apenas 4 meses depois daquela que levou o homem à Lua pela primeira vez. A Nasa enviou mais três astronautas para o satélite natural. A missão Apollo 12 foi lançada à Lua no dia 14 de novembro de 1969, com o objetivo da realização de outros experimentos científicos, além do registro de locais para possíveis novas explorações em missões futuras

A missão durou 10 dias e levou o comandante Charles Conrad Jr., o piloto do módulo lunar Alan L. Bean e o piloto Richard F. Gordon Jr.

Missão Apollo 14: missão que foi lançada em 31 de janeiro de 1971 com os astronautas Alan B. Shepard Jr. o comandante Edgar D. Mitchell, e o piloto do módulo lunar Stuart A. Roosa conseguiu desembarcar na Lua após a missão Apollo 13 ter enfrentado problemas e não ter conseguido pousar no satélite natural 

A Apollo 14 tinha como objetivo explorar uma região chamada Fra Mauro, localizada no entorno da implantação do Pacote de Experimentos Científicos de Superfície Lunar da Apollo (deixado em missões anteriores). Além disso, registrar fotografias de outros locais e fenômenos do espaço para que próximas missões pudessem ir mais longe. A missão teve duração de 9 dias 

Missão Apollo 15: foi a missão que teve a maior duração na Lua. Lançada em 26 de julho de 1971, a aeronave só retornou à Terra em 7 de agosto. Os astronautas David R. Scott, James B. Irwin e Alfred M. Worden que integraram essa missão eram tripulantes ‘backup’ da Apollo 12

O Apollo 15 teve quatro principais objetivos a serem cumpridos que era explorar uma nova região (Hadley-Apeninos), configurar e ativar experimentos científicos na superfície lunar, realizar avaliações de engenharia do novo equipamento da Apollo e conduzir experimentos orbitais lunares

Missão Apollo 16: sendo uma das últimas missões com destino à Lua, os tripulantes do Apollo 15 John W. Young, Charles M. Duke Jr. e Thomas K. Mattingly II foram com metas bem específicas para o satélite natural 

Lançada à Lua em 16 de julho de 1972, seu objetivo era inspecionar e coletar
materiais da superfície, ativar experimentos e realizar outros em voo, além de capturar imagens da órbita lunar até retornarem à Terra em 27 de abril de 1972

Missão Apollo 17: a última missão do programa Apollo foi também a última que levou o homem até a Lua. Foi lançada em 7 de dezembro de 1972 com os astronautas Eugene A. Cernan, o Harrison H. Schmitt e Ronald E. Evans

Os objetivos científicos dessa última missão Apollo era fazer um levantamento geológico e colher amostragens de matérias de uma determinada região lunar, além de realizar experimentos na Lua e em órbita lunar. Experimentos biomédicos também foram incluídos na última ida à Lua 

*Estagiária do R7, sob supervisão de Deborah Giannini