Dennis DJ fala sobre live 4D e preconceito com a profissão: ‘Não entendem todo o trabalho’


Em entrevista ao G1, artista fala sobre transmissão que acontece neste sábado (20) e diz que fãs comentam que preparam look especial para seus shows virtuais. ‘É divertido’. Dennis DJ
Divulgação
Durante a quarentena, Dennis DJ já fez diversas lives direto de sua casa e contando com uma produção familiar. Mas neste sábado (20), o artista terá um cenário diferente para sua transmissão. Dennis fará uma live 4D. Mas como será isso?
“Não precisa usar óculos, TV nova, nada disso. Vai todo mundo curtir de boa e de casa”, garante o DJ, sem dar detalhes sobre o que vai levar ao ar a partir das 17h em uma transmissão em seu canal no YouTube.
“O 4D pode ser representado de várias formas, é a teoria da relatividade e a 4ª dimensão. No meu show, é a 4ª dimensão onde eu entro num universo e tudo acontece em tempo real. É tudo que posso adiantar… movimentos de câmeras, efeitos… não posso falar muito”, diz em entrevista ao G1.
Dennis garante que, apesar de ser um projeto grandioso — diferente das produções anteriores mais caseiras –, seguirá os cuidados para proteção de toda equipe por conta do coronavírus. “Não colocaremos a vida de ninguém em risco”, diz. “Tudo está sendo muito bem monitorado, fizemos teste de Covid19, estamos todos higienizados e com equipe bem reduzida pra evitar aglomeração.”
Look especial
E para quem for acompanhar, nada de curtir a live de pijama. Dennis conta que seus fãs constumam fazer uma produção especial no look para acompanhar as transmissões virtuais.
“Isso já tem acontecido em todas as lives que faço. Os fãs mandam a semana toda que já separam os looks e, mesmo virtualmente, temos uma comunicação muito boa com o público. É legal ler comentários do tipo: ‘Só o Dennis pra me fazer tirar a roupa de sair pra curtir um baile em casa’, é divertido.”
Preconceito na profissão
No início do mês, Dennis publicou um vídeo em que ensina a filha Tília a discotecar e, na legenda, escreveu um breve desabafo sobre o preconceito que acredita ainda existir com sua profissão: “Quando dizem que para ser DJ é só apertar o play”.
“Existe esse preconceito e pré-julgamento. Pelo DJ não ter uma banda ou alguns não cantarem, muita gente critica, mas não entende todo o trabalho que se tem por trás.”
“Quem vai ao meu show, vê que eu canto e tem toda uma performance, mas também tem aqueles DJs que só tocam e tá tudo certo.”
“Todo mundo se prepara, cada um de uma maneira. Não é fácil produzir, preparar o repertório, manusear o equipamento. Não é simplesmente tocar o start, tem todo um estudo.”
Initial plugin text
O que aprendemos com a crise: Dennis DJ