Curta pernambucano é o único filme brasileiro selecionado para o Festival Sundance de Cinema


‘Inabitável’ é estrelado pela baiana Luciana Souza e roteirizado e dirigido por Matheus Farias e Enock Carvalho. Evento ocorre entre os dias 28 de janeiro e 3 de fevereiro de 2021. Curta pernambucano ‘Inabitável’ é único representante brasileiro no Festival Sundance de Cinema
Gustavo Pessoa/Divulgação
O curta-metragem pernambucano “Inabitável” foi selecionado para disputar a Mostra Competitiva do Festival Sundance de Cinema, que divulgou sua programação na terça-feira (15). O filme, estrelado pela baiana Luciana Souza e roteirizado e dirigido por Matheus Farias e Enock Carvalho, é o único representante brasileiro na competição.
O Festival Sundance é o primeiro do gênero a apresentar filmes produzidos durante a pandemia do novo coronavírus que abordam a crise de saúde sem precedentes, alguns dos quais podem acabar concorrendo ao Oscar. Para se adaptar às restrições devido à Covid-19, o Sundance é realizado parcialmente on-line desta vez, entre 28 de janeiro e 3 de fevereiro.
De acordo com os diretores do curta, a violência rotineira do país que mais mata a população LGBTQIA+ é abordada ao longo da trama por meio da história de Marilene, interpretada por Luciana. O filme foi filmado no final de 2019 e finalizado no primeiro semestre de 2020, em meio à pandemia.
“O filme conta a história de uma mãe que vai em busca de sua filha, uma mulher trans que desapareceu depois de não voltar de uma festa. Durante o caminho, ela se une com outras duas mulheres, uma vizinha e uma amiga da filha, que também é uma mulher trans”, afirmou Matheus.
Segundo os diretores, o filme se passa quase que completamente no Morro da Conceição, na Zona Norte do Recife.
“Ele foi rodado em dezembro do ano passado e passamos os primeiros seis meses do ano montando o filme, fazendo pós-produção. No Brasil, ele estreou no mês de agosto. Ficamos muito felizes. Fazia um bom tempo que tínhamos inscrito o filme no festival e vibramos muito quando soubemos. É o único curta pernambucano selecionado para o Sundance em toda a história do festival. Nesta edição, é o único filme brasileiro representando Pernambuco e o Brasil na competição”, disse Enock.
No elenco, também estão Sophia William, Erlene Melo, Eduarda Lemos, Val Júnior, Laís Vieira e Carlos Eduardo Ferraz. O filme tem produção executiva de Vanessa Barbosa, direção de produção de Amanda Guimarães, figurino e caracterização de Libra, direção de fotografia de Gustavo Pessoa, produção de elenco de Felipe André Silva e trilha sonora de Nicolau Domingues.
No Brasil, “Inabitável” também é exibido no Festival de Brasília e pode ser assistido na plataforma de streaming Canais Globo, até o domingo (20).
VÍDEOS: Cinema