CPQD inaugura complexo referência em conexão 5G e governo federal diz que vai aumentar investimento no instituto


Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações completa 45 anos. Evento é parte das celebrações da instituição, em Campinas (SP), e teve presença do ministro Fábio Faria. Complexo Laboratorial de Conectividade do CPQD, em Campinas
Helen Sacconi/EPTV
O Centro de Pesquisa e Desenvolvimento em Telecomunicações (CPQD) inaugurou nesta sexta-feira (8), em Campinas (SP), o Complexo Laboratorial de Conectividade para desenvolvimento de novas tecnologias. O local será referência em 5G no Brasil. No evento, o ministro das Comunicações, Fábio Faria, se comprometeu a aumentar os investimentos federais na instituição.
“Hoje o Funttel é um dos maiores parceiros do CPQD. Foram R$ 800 milhões em 20 anos. Não é muito, acho que podemos aumentar, tentar melhorar um pouco mais. Porque se você for olhar hoje para o Brasil e o mundo, principalmente as empresa Techs, o que eles investem em P&D, pesquisa e desenvolvimento, são valores muito acima do que a gente está investindo. […] Quero aqui deixar o compromisso que iremos aumentar a nossa parceria do Funttel aqui no CPQD”, afirmou Faria.
O Funttel é o Fundo para Desenvolvimento Tecnológico das Telecomunicações, e o ministro também apontou a intenção de realizar investimento na unidade do CPQD de Fortaleza (CE).
“O CPQD tem muita coisa para contribuir com o 5G no Brasil. Com a internet das coisas, o Brasil tem tudo para ser um exportador de soluções, e com o Open-RAN também”, disse. A tecnologia O-RAN (Open Radio Access Network) facilita a implementação do 5G.
LEIA MAIS: Edital do 5G: rede privativa para o governo deve ficar pronta em quatro anos e custará R$ 1 bilhão
Guia do 5G: quando a tecnologia chegará ao Brasil? Veja perguntas e respostas
Ministro das Comunicações, Fábio Faria, durante visita ao CPQD, em Campinas
Márcio Silveira/EPTV
Em relação ao leilão do 5G, Faria afirmou que o valor está estimado em R$ 49 bilhões, “onde 80% desse valor, cerca de 40 bilhões, serão investidos no setor de Telecom”, completou. Os demais 20% serão direcionados à União. O leilão está programado para 4 de novembro.
Após a abertura do evento, Faria visitou as instalações do novo prédio do CPQD e conheceu alguns dos trabalhos desenvolvidos na instituição.
Entre eles, o programa usado pelo Exército que permite comunicação e transmissão de dados a centenas de quilômetros de distância em tempo real chamou a atenção do ministro. O sistema foi testado esta semana, com alcance até o RJ.
Sistema usado pelo Exército e desenvolvido pelo CPQD, em Campinas, para transmissão de dados em tempo real
Helen Sacconi/EPTV
Agilidade e segurança em novo prédio
O prédio foi preparado com recursos modernos de tecnologia, para dar mais segurança e confidencialidade às informações, e vai integrar quatro laboratórios, permitindo maior agilidade em processos, serviços e a ampliação de testes realizados no local.
“A intenção é aumentar a interação entre essas áreas e, ao mesmo tempo, abrir espaço para a oferta de novos serviços laboratoriais destinados a atender demandas decorrentes da introdução de novas tecnologias no mercado – como o 5G, por exemplo”, informou o Centro.
A inauguração faz parte dos eventos que comemoram os 45 anos do CPQD. Além do ministro das Comunicações, o secretário-executivo do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, Sergio Freitas de Almeida e o prefeito de Campinas, Dário Saadi, também compareceram.
Inauguração do Complexo Laboratorial de Conectividade do CPQD, em Campinas
Helen Sacconi/EPTV
Conheça os quatro ambientes do novo complexo:
Ensaios de radiofrequência – envolve ensaios funcionais em telefones celulares, Estações Terminais de Acesso (ETAs), transceptores digitais, equipamentos de radiação restrita, entre outros.
Ensaios de segurança, desempenho e interoperabilidade – realizados em diferentes elementos de redes de telecomunicações (hardware e software), com o objetivo de garantir seu correto funcionamento.
Ensaios de compatibilidade eletromagnética – realizados em equipamentos de telecomunicações e eletroeletrônicos em geral, com o propósito de avaliar as interferências eletromagnéticas geradas pelo equipamento sob ensaio, bem como seu grau de susceptibilidade a perturbações eletromagnéticas procedentes do meio ambiente.
Medição de Taxa de Absorção Específica (SAR, na sigla em ingês Specific Absorption Rate) – realiza ensaios para medir a taxa de energia eletromagnética emitida por equipamentos de comunicação sem fio, como telefones celulares e tablets, que o corpo humano absorve.
O Complexo Laboratorial de Conectividade está localizado no Pólis de Tecnologia da metrópole, onde também fica a câmara semianecóica “com capacidade para realizar ensaios em equipamentos de grande porte, a 10 metros de distância”, informou o CPQD.
Representatividade em Campinas
O prefeito Dário Saadi lembrou, em seu discurso, da importância de Campinas no cenário nacional; historicamente na agricultura e indústria, e atualmente como destaque em tecnologia e inovação.
Ministro das Comunicações inaugura complexo de laboratórios em Campinas
Classificada como metrópole em 2020, a cidade é a única a não ser capital estadual que figura entre os 15 principais centros urbanos do Brasil, e conta com uma logística de malha rodoviária, ferroviária e aeroportuária que integra os atrativos para concentrar polos de negócios.
Vista área da cidade de Campinas
Marcello Carvalho/G1
Mais sobre o CPQD
O centro de pesquisas mantém um portfólio de soluções em tecnologia da informação e comunicação usados em diferentes segmentos do mercado no Brasil e também no exterior.
Conta também com parcerias internacionais, como a anunciada no início deste ano junto a China para testagem de celulares com tecnologia 5G.
“Referência tecnológica no país, o CPQD integra o ecossistema de inovação aberta que vem alavancando o empreendedorismo, por meio de sua notória competência em internet das coisas, Inteligência Artificial, Conectividade, Blockchain e Mobilidade Elétrica”, informou a instituição.
VÍDEOS: veja o que e destaque na região de Campinas
Veja mais notícias da região no g1 Campinas