Coronavírus causa cancelamento do Salão de Genebra 2020


Governo suíço anunciou uma proibição imediata de todos os eventos “públicos e privados” do país, envolvendo mais de 1.000 pessoas. Medida é para impedir a propagação do COVID-19. Salão de Genebra é conhecido como o evento dos supercarros
Fabrice Coffrini/AFP
A organização do Salão de Genebra confirmou nesta sexta-feira (28) que o evento foi cancelado devido a preocupações com o coronavírus. Um dos principais eventos automotivos do mundo, a feira aconteceria entre os dias 5 e 15 de março, na Suíça.
“Lamentamos essa situação, mas a saúde de todos os participantes é a nossa principal prioridade e a de nossos expositores. Este é um caso de força maior e uma tremenda perda para os fabricantes que investiram maciçamente em sua presença em Genebra. No entanto, estamos convencidos. que eles entenderão essa decisão”, disse Maurice Turrettini, presidente do Geneva Motor Show (Gims)
O anunciou foi feito após o governo suíço proibir todos eventos “públicos e privados” do país, envolvendo mais de 1.000 pessoas como uma medida para impedir a propagação do COVID-19.
De acordo com a organização do salão, a montagem dos estandes estava em processo bem adiantado. Apenas uma semana atrás, foi comunicado que o cancelamento não seria necessário, mas a situação mudou com o primeiro caso de coronavírus registrado na Suíça e a decisão do governo de do país.
“As consequências financeiras para todos os envolvidos no evento são significativas e precisarão ser avaliadas nas próximas semanas”, disse a organização. Os ingressos, no entanto, serão reembolsados.
Coronavírus: entenda como ocorre o contágio e quais os sintomas
Arte/G1