Coral Cant’duRio lança álbum em que entra na onda do disco editado por João Gilberto em 1973


♪ Em novembro de 2015, quando já contabilizava dez anos de atividade artística profissional, o grupo vocal Cant’duRio estreou o show Na onda de João 73 no Rio de Janeiro (RJ), cidade natal desse coral criado em 1983 por Paulo Malaguti Pauleira – como laboratório de regência na área – e na cena carioca desde 2005.
Na sequência da estreia, o grupo gravou álbum com o registro desse show em que revisita o repertório do álbum lançado em 1973 pelo cantor e violonista baiano João Gilberto (1931 – 2019).
Decorridos quase seis anos da primeira apresentação do show, o disco enfim chega ao mercado fonográfico na próxima sexta-feira, 1º de outubro, via Mills Records.
Capa do álbum ‘Na onda de João 73’, do coral Cant’duRio
Reprodução
Intitulado João Gilberto e conhecido como o álbum branco do papa da bossa nova, por conta da capa, o disco de 1973 reuniu sambas como Na Baixa do Sapateiro (Ary Barroso, 1938), Falsa baiana (Geraldo Azevedo, 1944), Eu vim da Bahia (Gilberto Gil, 1965) e Águas de março (Antonio Carlos Jobim, 1972), entre outras músicas, no repertório.
O repertório do álbum João Gilberto é regravado pelo Cant’duRio com arranjos vocais criados por Paulo Malaguti.