Condutores de visitantes têm até 8 de agosto para atualizar cadastro para trabalhar em Fernando de Noronha



Instituto Chico Mendes da Biodiversidade exige a atualização do cadastro para trabalho no Parque Nacional Marinho. Atualmente, 400 profissionais estão habilitados para atuar na reserva federal. Condutores precisam atualizar cadastro para trabalhar na área do Parque Nacional
Ana Clara Marinho/TV Globo
Os condutores de visitantes que trabalham no Parque Nacional Marinho de Fernando de Noronha, ou quem tem interesse em atuar na área, têm até domingo (8) para fazer o recadastramento ou se credenciar com o novo cadastro. O envio da documentação necessária deve ser feita pelo portal do governo federal.
O cadastro é obrigatório para os guias de turismo que desenvolvem atividades na reserva ambiental e possuem capacitação específica.
O Parque Nacional é de responsabilidade pelo Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio). A instituição tem cerca de 400 condutores cadastrados para trabalhar na reserva, mas a direção do órgão acredita que o número de profissionais habilitados deve diminuir.
“Nós contávamos com 400 condutores de visitantes credenciados, no último cadastramento em 2016. Esse número de profissionais deve cair, a quantidade de condutores ativos é bem inferior, o que é normal”, afirmou a chefe do ICMBio em Noronha, Carla Guaitanele.
O instituto lançou, em julho, o edital para atualização dos profissionais habilitados a atuar na reserva ecológica.
Os interessados em continuar, ou iniciar a atividade, devem comprovar ser condutor, apresentar certificado do curso de atualização de condutores do ICMBio e apresentar comprovante de treinamento de primeiros socorros realizado nos últimos 24 meses.
É preciso, ainda, apresentar comprovante de residência e carteira de morador da ilha permanente ou temporário, além de carteira de identidade.
Segundo a direção do ICMBio, quem não fizer a atualização do cadastro não poderá exercer atividades na reserva federal em Noronha.
Os condutores podem fazer a atualização em casa, mas o instituto disponibiliza um servidor e internet para quem tiver alguma dificuldade, na sede do órgão, no bairro do Boldró, das 8h às 12h, até sexta-feira (6).
Vídeos de PE mais vistos nos últimos 7 dias