Como transportar um foguete? As fotos que mostram megaoperação na Nasa

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/sls-09012020171835420?dimensions=660×360" title="A parte central do foguete foi levada à barca Pégasus para ser transportada" alt="A parte central do foguete foi levada à barca Pégasus para ser transportada" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">A parte central do foguete foi levada à barca Pégasus para ser transportada</span>
<span class="credit_box ">NASA </span>
</div>
</div>

<p>
O primeiro componente crucial do "mega-foguete" SLS da Nasa começou a ser testado nesta semana. A agência espacial americana vai verificar se o foguete, fabricado em Nova Orleans, está pronto para o lançamento.</p>
<p>
O nome do foguete, SLS, é uma sigla para Sistema de Lançamento Espacial (Space Launch System, em inglês). Ele é uma parte crucial do programa espacial Artemis, que tem como objetivo levar americanos de volta à Lua até 2024.</p>
<p>
A parte que começou a ser testada é conhecida como "estágio principal", uma parte central do novo foguete que vai passar por muitos testes no Estado americano do Mississippi.</p>
<p>
Nesta quarta-feira (08), o foguete começou a ser transportado. Ele foi levado para uma enorme barca que o levará, por água, até seu destino final.</p>
<p>
O foguete, que será mais alto que um prédio de 30 andares, está sendo construído para a Nasa pela empresa Boeing.</p>
<p>
Um dos administradores da Nasa, Jim Morhard, compareceu ao transporte do estágio do foguete da fábrica, em Nova Orleans, até a barca.</p>

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/parte-central-do-foguete-sls-09012020171835539?dimensions=660×360" title="A missão Artemis, para a Lua, vai usar o foguete SLS" alt="A missão Artemis, para a Lua, vai usar o foguete SLS" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">A missão Artemis, para a Lua, vai usar o foguete SLS</span>
<span class="credit_box ">NASA / Danny Nowlin </span>
</div>
</div>

<p>
Ele disse que o foguete é um "empolgante avanço do programa Artemis" e que as equipes envolvidas estão progredindo bem.</p>
<p>
A construção do foguete, que foi anunciada em 2010, foi afetada por atrasados e estouros de orçamento.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Milhões de litros de combustível</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Alguns críticos dentro da comunidade de exploração espacial acreditam que seria muito melhor lançar missões de exploração do espaço profundo em foguetes comerciais. Mas apoiadores do programa dizem que a Nasa precisa ter capacidade de impulso para lançamentos "pesados" por conta própria.</p>
<p>
Depois de sair da fábrica, o estágio do foguete foi colocado na barca da Nasa chamada Pegasus e viajou em direção ao Centro Espacial Stennis, na baía de São Luís, no Mississippi.</p>

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/parte-central-do-foguete-sls-09012020171835670?dimensions=660×360" title="Essa parte do foguete será transportado por água de sua fábrica em Nova Orleans até o Mississippi" alt="Essa parte do foguete será transportado por água de sua fábrica em Nova Orleans até o Mississippi" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Essa parte do foguete será transportado por água de sua fábrica em Nova Orleans até o Mississippi</span>
<span class="credit_box ">NASA / Jared Lyons </span>
</div>
</div>

<p>
 </p>

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/parte-central-do-foguete-sls-09012020171835799?dimensions=660×360" title="Estágio seria transportado em barca" alt="Estágio seria transportado em barca" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Estágio seria transportado em barca</span>
<span class="credit_box ">NASA / Jared Lyons </span>
</div>
</div>

<p>
 </p>

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/parte-central-do-foguete-sls-09012020171835930?dimensions=660×360" title="O foguete foi fabricado em Nova Orleans, nos EUA" alt="O foguete foi fabricado em Nova Orleans, nos EUA" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">O foguete foi fabricado em Nova Orleans, nos EUA</span>
<span class="credit_box ">NASA / Jared Lyons </span>
</div>
</div>

<p>
A temporada de testes no centro Stennis é chamada de "Green Run" (corrida verde, em inglês) e vai envolver a operação simultânea de todos os estágios principais do foguete pela primeira vez.</p>
<p>
O poderosos motores RS-25 do foguete serão acionados por oito minutos (ou talvez um pouco menos) e testados com diferentes configurações. Isso vai simular os níveis de impulso necessários durante um lançamento de verdade.</p>
<p>
O estágio principal do SLS contém dois tanques de combustível — um para oxigênio líquido e outro para hidrogênio líquido. Juntos, eles têm capacidade para 2.7 milhões de litros de combustível para os motores.</p>
<p>
O SLS foi projetado para usar novamente a tecnologia desenvolvida para o programa de ônibus espaciais, que funcionou entre 1981 e 2011.</p>

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/estande-de-teste-b-2-09012020171836195?dimensions=660×360" title="Área de teste da Nasa, Centro Espacial Stennis será usado nos testes do foguete" alt="Área de teste da Nasa, Centro Espacial Stennis será usado nos testes do foguete" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Área de teste da Nasa, Centro Espacial Stennis será usado nos testes do foguete</span>
<span class="credit_box ">NASA </span>
</div>
</div>

<p>
 </p>
<p>
Os propulsores do RS-25 são os mesmos do antigo sistema de transporte Orbiter, e o estágio principal do SLS é baseado no tanque externo que alimentava os motores do ônibus espaciais (com modificações consideráveis).</p>
<p>
Além do estágio principal do foguete, dois propulsores SRB (Solid Rocket Boosters) vão funcionar em ambos os lados da parte central (veja a figura abaixo).</p>
<p>
O foguete vai fornecer o impulso necessário para mandar a nave espacial Orion para a Lua. A Orion é a nave tripulada de próxima geração da Nasa que fará parte do programa Artemis.</p>
<p>
O primeiro lançamento do foguete (Artemis-1) deve acontecer em 2021.</p>

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/ilustracao-do-sls-em-orbita-da-terra-09012020171836326?dimensions=660×360" title="Ilustração do SLS com seu estágio principal (no meio) e os dois propulsores SRB ao lado" alt="Ilustração do SLS com seu estágio principal (no meio) e os dois propulsores SRB ao lado" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Ilustração do SLS com seu estágio principal (no meio) e os dois propulsores SRB ao lado</span>
<span class="credit_box ">NASA </span>
</div>
</div>

<p>
"Acho que quando o SLS estiver em pleno funcionamento, não vai haver necessidade de outro veículo do tipo por muitos anos. Então, é realmente uma oportunidade que só acontece uma vez a cada geração", disse no ano passado John Shannon, chefe do programa SLS na Boeing desde 2015.</p>
<p>
O estágio principal do SLS é a maior parte de foguete que já foi construída na fábrica de Louisiana. É maior, inclusive, que os estágio do foguete Saturno 5, que foram usados no programa Apollo.</p>
<p>
"Esse é um momento histórico para o programa Artemis, da Nasa, e de orgulho para a equipe", disse Julie Bassler, gerente das estágios do SLS na Nasa.</p>

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/orion-spacecraft-09012020171836626?dimensions=660×360" title="O veículo de tripulação da Orion e seu módulo de serviço estão sendo testados em Ohio" alt="O veículo de tripulação da Orion e seu módulo de serviço estão sendo testados em Ohio" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">O veículo de tripulação da Orion e seu módulo de serviço estão sendo testados em Ohio</span>
<span class="credit_box ">NASA </span>
</div>
</div>

<p>
Simultaneamente à construção do SLS, a Nasa e seus parceiros completaram a produção da nave espacial Orion para a missão Artemis. Atualmente ela está passando pelos últimos teste na Estação Plum Brook, em Ohio.</p>
<p>
Para a missão Artemis-1, a Orion será enviada para fazer uma volta ao redor da Lua para testar suas condições físicas no espaço profundo. Nesse primeira viagem ela não leverá tripulantes.</p>
<p>
A primeira missão com tripulantes será a Artemis-2, que deve levar astronautas para um voo lunar.</p>
<p>
A Artemis-3, que está planejada para 2024, levará dois astronautas — um homem e uma mulher — para o polo sul da Lua. Será a primeira vez que astronautas pisarão na superfície do satélite natural da terra desde 1972.</p>