Como os anabolizantes podem prejudicar o seu corpo


Os hormônios sintéticos podem até aumentar a massa muscular, mas seus efeitos colaterais são graves e, muitas vezes, irreversíveis. Conquistar um corpo bem definido e repleto de músculos exige esforços e, mesmo seguindo todas as regras e recomendações, nem todo mundo consegue alcançar o padrão desejado. Para acelerar o processo, muita gente acaba apostando nos anabolizantes, que proporcionam um ganho considerável de massa magra, mas cobram um alto preço por esse benefício.
Não é só musculação: conheça outros exercícios que ajudam a ganhar músculos
Músculo, ombro, joelho e lombar: saiba como as lesões mais comuns afetam quem frequenta a academia
Quiz: você sabe alimentar os seus músculos?
Os esteroides androgênicos anabólicos podem causar danos irreversíveis, como rouquidão e hepatite, segundo Clayton Luiz Dornelles, membro da Comissão Temporária para Estudo da Endocrinologia, Exercício e Esporte da Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).
“Eles são reguladores da síntese de todos os nossos genes, principalmente da parte muscular, por isso aumentam massa magra. Mas nós temos receptores de esteroides no corpo inteiro e o uso nas doses erradas causa diversos efeitos colaterais indesejáveis no organismo, que podem até ser fatais” – Clayton Luiz Dornelles, médico
O uso indiscriminado dos anabolizantes preocupa as autoridades médicas, que passaram a considerá-lo um problema social e de saúde pública. Para frear a situação, a SBEM lançou o projeto Bomba Tô Fora, um programa educacional de prevenção ao uso desse tipo de substância.
Confira, abaixo, os principais efeitos que o uso indiscriminado de esteroides anabolizantes pode causar no organismo:
Efeitos que o uso indiscriminado de esteroides anabolizantes pode causar no organismo
Arte/G1
Initial plugin text