Comer três ovos por semana aumenta risco de doença cardíaca

Consumo de três ovos por semana pode aumentar risco de AVC

Consumo de três ovos por semana pode aumentar risco de AVC
Pixabay

Comer ovos aumenta ou não a taxa de colesterol do corpo? Essa questão vem sendo debatida há anos, mas um estudo da Universidade Northwestern, de Chicago, nos Estados Unidos, publicado na revista médica JAMA, chegou a uma conclusão.

Segundo a pesquisa, quem consome três ou quatro ovos por semana, ou 300 mg de colesterol por dia, tem maior risco de desenvolver doenças cardíacas e também de morte prematura em relação às pessoas que comem menos quantidade do alimento.

Leia também: Northwestern University Feinberg School of Medicine

O estudo acompanhou 29.615 pessoas por 17 anos e meio. Durante esse período, foram registrados 5.300 eventos cardiovasculares, sendo 1.302 AVCs (acidentes vasculares cerebrais) fatais ou não, 1.897 incidentes de insuficiência cardíaca fatais ou não e 113 mortes por outras doenças cardíacas. Os demais 6.132 participantes morreram de outras causas.

A conclusão foi que aqueles que consumiam mais de 300 mg de colesterol por dia apresentaram um risco 3,2% maior de desenvolver doença cardíaca e 4,4% mais chance de morte precoce para todas as causas.

Saiba mais: É possível ter um peso saudável, mas excesso de gordura dentro do corpo?

A cada ovo a mais consumido por dia foi associado um risco de 1,1% maior de doença cardiovascular e 1,9% de morte prematura.

Uma das razões da inconsistência de estudos anteriores pode ter sido a falta da relação estabelecida entre o consumo de ovos e comportamentos não saudáveis, como sedentarismo, tabagismo e dieta inapropriada. Outro ponto que deve ser levado e conta que é alimentos que contêm colesterol geralmente também são ricos em gordura saturada e proteína animal, segundo a pesquisa.

O atual estudo ressalta que incluiu uma avaliação abrangente desses fatores.

Embora o foco desse estudo seja a quantidade de ovos consumidos, nutricionistas entrevistados pela rede norte-americana de TV CNN destacaram a importância de não consumir ovos crus e da escolha de acompanhamentos saudáveis. O equilíbrio na alimentação foi apontada como a chave para a saúde.

Colesterol alto afeta 60 milhões de brasileiros: