Cinema drive-in dedicado a filmes brasileiros vai abrir em agosto com ingressos gratuitos


Com curadoria da cineasta Marina Person, cine em São Paulo quer exaltar filmes nacionais clássicos e contemporâneos. País soma mais de 20 drive-ins. 16 de junho – Sessão para convidados do cinema drive-in no Memorial da América Latina, na cidade de São Paulo, nesta terça-feira (16). O cinema drive-in estreia para o público nesta quarta-feira (17) com sessões esgotadas até julho
Marcello Zambrana/Agif – Agência de Fotografia/Estadão Conteúdo
São Paulo vai ganhar mais um cinema drive-in. O novo cine será gratuito e passará apenas filmes brasileiros, dos clássicos aos mais recentes.
O Drive-in Paradiso vai abrir dia 1º de agosto no estacionamento da Assembleia Legislativa de São Paulo. O projeto é do Instituto Olga Rabinovich com parceria da Prefeitura da cidade. Ele terá capacidade para 100 carros, com até quatro pessoas por carro.
Cinema drive-in: filmes, ingressos, programação e horários
A curadoria é feita pela cineasta Marina Person. O filme escolhido para a abertura é “Café com Canela”, para celebrar o movimento vidas negras importam.
A programação vai mesclar clássicos do cinema brasileiro, como “Central do Brasil”, comédias campeãs de bilheteria, como “De pernas pro ar 3” e filmes mais novos, como o inédito “Meu Nome é Bagdá”.
Drive-ins no Brasil
Estrutura está montada no estacionamento 4 do Aeroporto Salgado Filho em Porto Alegre
Drive-in Air/Divulgação
A cidade de São Paulo tem a maior concentração de cinemas do estilo no Brasil. Atualmente, há mais de 20 drive-ins funcionando em todas as regiões do país.
Concentrados principalmente nas capitais, a maior parte é feita em estacionamentos de shoppings, prédios e até universidades. Nos últimos finais de semana, a bilheteria dos dez filmes mais vistos no país arrecadou mais de R$ 100 mil, puxada principalmente pelos cinemas para carros.
Terror, filme “família” e o sucesso “Nasce uma estrela” são queridinhos do público que frequenta cinemas drive-in no Brasil. Animações e filmes de heróis também entram na conta, mas mais aos finais de semana, geralmente nas primeiras sessões, para atrair pais e filhos.
Nos locais em que os governos municipais e estaduais liberam o funcionamento, eles têm regras sanitárias, como número limitado de pessoas por carro e higienização de comidas e bebidas à venda.
Cinemas drive-in pelo Brasil
Amanda Paes/G1