Lucy Alves interpreta ‘Asa Branca’ com brasileira integrante do Now United


Paraibana toca sanfona e canta versos do clássico de Luiz Gonzaga junto com Any Gabrielly. Em abril, Lucy apareceu em vídeo divulgado por Dua Lipa. Lucy Alves
Divulgação
A cantora e compositora paraibana Lucy Alves divulgou nesta terça-feira (23), véspera de São João, um vídeo em que interpreta a música “Asa Branca”, clássico de Luiz Gonzaga, junto com Any Gabrielly, brasileira integrante do grupo global de música pop Now United.
O vídeo foi postado no Instagram de Lucy, que aparece tocando sanfona e cantando a segunda parte da música. Any Gabrielly, que tem 17 anos e nasceu em Guarulhos, canta o começo da música. Assista abaixo.
Initial plugin text
Essa é a segunda vez este ano que Lucy divulga um vídeo em “parceria” com artistas internacionais. Em abril, Lucy aparece em um vídeo divulgado pela cantora britânica Dua Lipa em que ela reúne reações de fãs ao clipe da música “Break My Heart”. A paraibana é a primeira a aparecer no vídeo de Dua Lipa.
No vídeo divulgado pela britânica, Lucy aparece tocando uma versão da música na sanfona. O vídeo original da cantora paraibana foi postado em março e para comemorar a “parceria”, ela lançou, em abril, outra versão, desta vez tocando violino, teclado e baixo.

Please enter banners and links.

Restauração de quadro espanhol deforma rosto de Virgem Maria e gera comparação com ‘Ecce homo’

Pintura do artista barroco Bartolomé Esteban Murillo foi desfigurada após duas tentativas de restauração. Nas redes, internautas lembraram outro quadro deformado na Espanha, em 2012. A restauração de um quadro do artista barroco espanhol Bartolomé Esteban Murillo, que representava a Virgem Maria, deixou a imagem deformada, e gerou comparações com a pintura “Ecce homo”, que teve o mesmo problema em 2012.
De acordo com o jornal britânico “The Guardian”, o quadro de Murillo estava em uma coleção particular em Valencia, na Espanha, e o dono pagou 1 mil libras (cerca de R$ 6,5 mil) a um restaurador amador.
O restaurador tentou por duas vezes retocar o rosto do quadro do século 15, mas o resultado estragou o quadro.
Initial plugin text
Segundo o “Guardian”, após este caso, profissionais de arte na Espanha estão pedindo por leis mais restritivas para impedir este tipo de dano ao patrimônio histórico e artístico do país.
Nas redes sociais, internautas fizeram comparações com a restauração de “Ecco homo” feita pela espanhola Cecilia Jimenez.
Ela foi apelidada de a “pior restauradora do mundo” depois que tentou recuperar o afresco do século 19 pintado em uma das paredes do Santuário de Misericórdia de Borja.
Initial plugin text
Initial plugin text
Initial plugin text

Please enter banners and links.