Carlos Nobre recebe prêmio da Associação Americana para o Avanço da Ciência 2021


O pesquisador brasileiro, referência global nos efeitos das mudanças climáticas na Amazônia, recebeu o prêmio de Diplomacia Científica. Nobre é o primeiro brasileiro a receber a deferência. Cientista e climatologista, Carlos Nobre
Divulgação/Prefeitura de Salvador
O pesquisador brasileiro Carlos Nobre, referência global nos efeitos das mudanças climáticas na Amazônia, recebeu o prêmio da Associação Americana para o Avanço da Ciência (AAAS) 2021 de Diplomacia Científica.
A associação, uma espécie de Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) americana, estabeleceu o prêmio em 2013 e reconhece indivíduos ou grupos de pesquisadores que tenham contribuição notável para o campo da diplomacia científica. Nobre é o primeiro brasileiro a ganhar o prêmio.
Cientista brasileiro no Sínodo diz que ‘Amazônia e seus habitantes estão ameaçados de extinção’
‘Se o governo está relutante, cidades e estados têm de tomar a frente do cuidado com mudanças climáticas’, diz cientista na Bahia
Para o pesquisador, o prêmio é “o reconhecimento internacional da importância de ciência para salvar a Amazônia”.
Segundo a nota do comitê de premiação, o pesquisador é homenageado por “seu trabalho de longo prazo para compreender e proteger a biodiversidade e os povos indígenas da Amazônia”.
Carlos Nobre, em entrevista à Globo News
GloboNews
Nobre foi membro do Painel Internacional sobre Mudanças Climáticas (IPCC). Cientistas do mundo inteiro do IPCC ganharam o Nobel da Paz em 2007.
Hoje atua como cientista-sênior do Instituto de Estudos Avançados da USP, é conhecido pelas suas pesquisas sobre a “savanização” da Amazônia e lidera a iniciativa Amazônia 4.0, que busca desenvolver a bioeconomia sustentável na região.
Ele ainda co-preside o Painel Científico para a Amazônia, convocado pela Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU, com o trabalho de 160 cientistas, lideranças indígenas e do setor privado. O Painel está fazendo uma avaliação científica da região e apresentando soluções baseadas em dados para proteção e desenvolvimento sustentável da floresta tropical.
Veja vídeos de entrevistas do Carlos Nobre à TV Globo:
Carlos Nobre e a Amazônia 4.0
André Trigueiro debate incêndios florestais com especialistas Carlos Nobre e Raoni Rajão
Carlos Nobre afirma que 90% dos incêndios na região do pantanal não têm causas naturais
Carlos Nobre defende que a floresta é mais lucrativa em pé do que destruída