Cantores de country fazem shows cheios nos Estados Unidos e são criticados


‘Estamos de volta’, escreveu Chase Rice ao filmar fãs aglomerados sem máscara. Chris Janson também fez show e público estava bem próximo. Cantor de country Chase Rice fez show com aglomeração e pessoas sem máscara no Tennessee
Reprodução/Twitter
O cantor de country Chase Rice fez um show no Tennessee no sábado (27) e ao compartilhar as fotos e vídeos da pequena multidão em sua frente sem máscara foi criticado nas redes sociais.
O local do show era uma prisão que foi transformada em local de eventos e tem capacidade para 10 mil pessoas.
Brian May, vice-presidente do local onde o show foi realizado, falou que a capacidade foi reduzida para 4 mil pessoas e menos de mil tinham comparecido ao evento.
Pelas imagens publicadas por Rice, mas já deletadas das redes sociais, as pessoas estavam bem próximas umas às outras e não usavam máscaras.
O cantor escreveu “estamos de volta” em um vídeo postado no Instagram.
Chase Rice postou um vídeo com a multidão ao fundo no show neste sábado (27)
Reprodução/Twitter
“Todos tiveram a temperatura aferida antes de entrar no local e um desinfetante para mãos foi fornecido na entrada”, explicou May. Ele também disse que o espaço era amplo e que os fãs poderiam se espalhar da maneira que preferissem.
“Mesmo com as sinalizações colocadas em todo o espaço, não foi possível aplicar o distanciamento físico recomendado e estamos analisando futuros cenários alternativos que protegem ainda mais os participantes, artistas, suas equipes e nossos funcionários”, reconheceu May à revista Variety.
A cantora Kelsea Ballerini chamou Rice de “egoísta” por fazer o show. “Imagine ser egoísta o suficiente para colocar em risco a saúde de milhares de pessoas, sem mencionar o potencial efeito cascata e fazer um show NORMAL no país agora”, escreveu no Twitter. (Veja mais críticas abaixo.)
Outro show no mesmo dia
Chris Janson, outro cantor americano de country, também fez um show lotado no sábado (27), mas em um festival no estado de Idaho.
Ele também postou fotos nas redes sociais, mas apagou depois da repercussão negativa. Segundo a revista Variety, o show foi para cerca de 2,8 mil pessoas.
“Eu pessoalmente vi uma pessoa usando máscara o dia inteiro e era um vendedor. Nem outros vendedores e funcionários usaram máscaras a noite toda”, disse uma pessoa que foi ao festival à Variety.
Initial plugin text
Críticas nas redes sociais
Embora tenha tido um público menor, o show de Rice teve mais repercussão negativa do que o de Janson. Veja tweets abaixo:
Initial plugin text
“Imagine ser egoísta o suficiente para colocar em risco a saúde de milhares de pessoas, sem mencionar o potencial efeito cascata e fazer um show NORMAL no país agora”, escreveu a cantora Kelsea Ballerini.
Todos nós queremos (e precisamos voltar) aos palcos. Nós só prezamos pelos nossos fãs e a família deles também, por isso estamos esperando”, finalizou.
Initial plugin text
“Chase Rice acabou de fazer um concerto para uma enorme multidão de fãs desmascarados aqui no Tennessee. Pela primeira vez, estou sem palavras”, escreveu outra pessoa.