Cannes finaliza preparativos para o retorno do grande festival de cinema


Após ser cancelado por causa da pandemia de coronavírus, festival acontece entre os dias 6 e 17 de julho. Cannes finaliza preparativos para 74ª edição do festival
Valery HACHE / AFP
Cannes finaliza os preparativos para uma edição ambiciosa, que terá as presenças de Spike Lee, Matt Damon, Tilda Swinton, Sean Penn e outras figuras importantes do cinema para tentar virar a página da pandemia.
O evento, que acontece dois meses depois de sua data habitual e após o cancelamento do ano passado, começa na terça-feira (6) com a exibição de “Annette”, um musical de Leos Carax protagonizado por Adam Driver e Marion Cotillard.
Seleção de candidatos à Palma de Ouro inclui filmes centrados na era da Covid-19
O cineasta francês disputa a Palma de Ouro, que será anunciada em 17 de julho, ao lado de outros grandes nomes da sétima arte, como o holandês Paul Verhoeven, o iraniano Asghar Farhadi e o americano Sean Penn, que retorna à Croisette depois de ter sido vaiado em 2016 com a exibição de “The last face”.
Três diretores da mostra oficial, o italiano Nanni Moretti, o francês Jacques Audiard e o tailandês Apichatpong Weerasethakul – que apresenta “Memoria”, rodado na Colômbia e protagonizado por Tilda Swinton – já venceram o maior prêmio de Cannes em uma oportunidade.
“O reencontro do cinema mundial”
Na lista de cineastas na disputa pela Palma de Ouro estão quatro mulheres, incluindo três francesas. Até hoje, apenas uma diretora venceu o festival, a neozelandesa Jane Campion por “O Piano”, em 1993.
O júri, presidido pelo diretor americano Spike Lee, o primeiro afro-americano a ocupar o posto, escolherá o vencedor entre 24 filmes, o maior número de produções na mostra oficial do últimos anos.
“É o reencontro do cinema mundial”, afirmou o delegado-geral do festival, Thierry Frémaux. “É emocionante”.
Frémaux destacou que “apesar de a pandemia não estar vencida, a organização e essência são as de uma edição normal”.
O evento, que deve receber apenas metade das 40.000 pessoas que atrai por dia, em média, de outros anos, exigirá um certificado de vacinação ou um teste PCR negativo a cada 48 horas.
Mas o tapete vermelho receberá a habitual legião de estrelas.
O diretor americano Wes Anderson e seu filme “The French Dispatch” serão responsáveis por um bom contingente: Bill Murray, Timothée Chalamet, Léa Seydoux, Adrien Brody, Benicio del Toro e Tilda Swinton estão no elenco do longa-metragem rodado na França.
Outra americana, a atriz e diretora Jodie Foster, receberá a Palma de Ouro Honorária por seu “compromisso discreto mas firme com os grandes temas de nossa época”. Em 1976, com apenas 13 anos, ela compareceu pela primeira vez à Croisette para apresentar “Taxi Driver”, de Martin Scorsese.
Leia também: Kleber Mendonça Filho é anunciado como integrante do júri do Festival de Cannes
O retorno de Deneuve
A lendária Catherine Deneuve, de 77 anos, voltará à mostra um ano e meio depois de sofrer um acidente vascular. A estrela francesa é a protagonista do filme de Emmanuelle Bercot “De son vivant”.
Matt Damon, que em “Stillwater”, de Tom McCarthy (“Spotlight”), interpreta um pai que viaja a Marselha para visitar a filha detida, também marcará presença.
Alguns filmes estão programados para uma nova mostra, Cannes Première, que inclui produções fora da competição. Nesta será exibida a última produção de Oliver Stone (“JKF, revisited: through the looking glass”).
O cinema brasileiro marca presença com Kleber Mendonça Filho como um dos integrantes do júri da Palma de Ouro.
Além disso, o diretor Karim Ainouz apresenta “O Marinheiro das Montanhas” em uma sessão especial, depois de ter sido o grande vencedor da mostra “Um Certo Olhar” na última edição de Cannes por “A Vida Invisível”.
Filme brasileiro ‘O Marinheiro das Montanhas’ estará em mostra de Cannes