Cachorros encontram fóssil de 65 milhões de anos em passeio na praia

O britânico Jon Gopsill, 54 anos, passeava com seus dois cachorros pela areia da praia de Somerset,na Inglaterra, quando se deparou com algo inusitado na última semana. Os animais farejaram um fóssil pré-histórico em bom estado de conservação

“Assim que vi, eu sabia que tinha encontrado algo especial. Achei que era, obviamente, um fóssil de uma criatura marinha, possivelmente um ictiossauro” disse Gopsill ao Telegraph

Gopsill, que é um arqueólogo amador, entrou em contato com o Museu de História Natural do Reino Unido para confirmar a descoberta

Os especialistas do museu concluíram que Jon havia achado um fóssil de um ictiossauro, que viveu há 65 milhões de anos

O fóssil encontrado na areia da praia tem 1,70 m, mesmo faltando o crânio 

Os ictiossauros eram répteis marinho que entraram em extinção antes dos dinossauros, no período Cretáceo, cerca de 145 a 66 milhões de anos atrás