‘Bonde’ de Adriana Calcanhotto eletriza em single ao vivo


Funk da artista é a primeira excelente amostra do registro audiovisual do show ‘Margem’. Capa do single ‘Meu bonde’, de Adriana Calcanhotto
Reprodução
Resenha de single
Título: Meu bonde
Artista: Adriana Calcanhotto
Compositora: Adriana Calcanhotto
Gravadora: Minha Música
Cotação: * * * * 1/2
♪ Abram alas para ir atrás do bonde de Adriana Calcanhotto na eletrizante gravação ao vivo do funk lançado pela cantora e compositora no álbum Margem (2019).
A versão ao vivo disponibilizada em single nesta sexta-feira carnavalesca, 21 de fevereiro, turbina o funk gravado com 150 BPM no disco que fechou a trilogia marítima da artista, antenada compositora do tema.
Na onda da gravação ao vivo, captada em dezembro em apresentação do show Margem na cidade do Rio de Janeiro (RJ), o funk Meu bonde ganha calor, peso, inebriantes beats eletrônicos e batucada de samba ao fim da gravação de quase três minutos e meio que poderia ter 20 segundos a menos se as palmas da plateia tivessem sido editadas.
Já encerrada no Brasil neste mês de fevereiro, a turnê do show Margem ainda tem apresentações agendadas na Europa para meados de 2020 antes de sumir no horizonte. Antes de Margem chegar a Portugal, a cantora lançará o registro audiovisual do show.
A julgar pelo incendiária gravação ao vivo de Meu bonde (lançada simultaneamente em single e em clipe filmado ao longo da turnê com imagens captadas em 22 cidades brasileiras, além de takes feitos em Lisboa e Porto, em Portugal), o registro do show Margem promete quebrar tudo na praia, mostrando que, aos 30 anos de carreira fonográfica, Adriana Calcanhotto continua na crista da onda.