Black Alien reproduz em disco ao vivo as 12 músicas de álbum solo de 2004


♪ Em abril de 2019, o rapper fluminense Black Alien deu continuidade à carreira solo com o lançamento do terceiro álbum solo, Abaixo de zero – Hello hell, disco de repertório inédito gravado com beats de Papatinho, cofundador e maestro da banda carioca de rap Cone Crew Diretoria.
Um ano e três meses depois, o artista volta no tempo com a edição do primeiro álbum ao vivo da carreira solo, gravado antes do disco de 2019. O disco Babylon by Gus vol. 1 – O ano do macaco ao vivo reapresenta o repertório autoral do aclamado primeiro álbum solo de Gustavo de Almeida Ribeiro, lançado em 2004.
Escrito com alta dose de crítica social, temperada com espiritualidade, o repertório do álbum Babylon by Gus vol. 1 – O ano do macaco ressurge em registros captados em show feito por Black Alien em novembro de 2018, sob a lona e o calor do Circo Voador, na cidade do Rio de Janeiro (RJ).
No disco ao vivo, disponibilizado em 30 de junho, o cantor e compositor reproduz as doze músicas do álbum de 2004 na ordem original das faixas. Dessas doze músicas, onze foram compostas por Alien em parceria com Alexandre Basa, produtor do disco. A exceção foi América 21, parceria de Alien com Rhossi, do grupo paulistano de rap Pavilhão 9.
O título Babylon by Gus aludiu ao nome do álbum ao vivo lançado em 1978 por Bob Marley (1945 – 1981) e o grupo The Wailers, Babylon by bus, e apresentou standards do hip hop nacional como Mister Niterói, alcunha deste rapper projetado nos anos 1990 como integrante da banda Planet Hemp.