Bernardo Lobo retoma parceria com Zélia Duncan com o otimista baião ‘A vida vai mudar’


Residente em Portugal, o artista lança single com a música inédita criada em conexão luso-brasileira. ♪ Enquanto Bernardo Lobo projeta álbum de músicas inéditas para data ainda incerta, o artista carioca – residente em Lisboa, capital de Portugal – tem aproveitado o tempo de isolamento social para compor com maior constância.
Foi nesse período que surgiu a melodia que ganhou a pisada do baião e letra escrita por Zélia Duncan. Ao devolver a melodia com a letra, escrita com doses de otimismo e esperança, como sugeriu o parceiro, Zélia já apresentou o título da composição, A vida vai mudar, que Lobo apresenta na sexta-feira, 11 de dezembro, em single editado pela gravadora Biscoito Fino.
A gravação da música foi feita em Almada, cidade próxima de Lisboa, com produção musical orquestrada pelo próprio artista.
Além de ter posto voz no baião, Bernardo Lobo criou o arranjo de base para o fonograma formatado com os toques dos músicos Carlos Veiga (piano), Humberto Araújo (flautas e arranjo de sopros), Zet Zet (baixo) e Zezinho Gotelipe (bateria e percussão).
A composição A vida vai mudar marca a retomada da parceria de Bernardo Lobo com Zélia Duncan após mais de 20 anos. Na década de 1990, os artistas fizeram juntos a música Na beira, gravada por Lobo em 1999 para disco coletivo da série Novo canto.