Babu Santana inaugura o próprio selo, Paizão Records, com single gravado com artistas da cena carioca de trap


♪ Babu Santana aposta no funk, no rap e sobretudo no trap. O subgênero derivado do rap dita o ritmo da produção fonográfica inicial do selo criado pelo cantor, compositor e ator carioca, Paizão Records, cujo nome alude ao apelido recebido por Babu quando estava confinado na casa da 20ª edição do programa Big Brother Brasil (TV Globo, 2020).
A intenção de Babu ao abrir o selo é dar visibilidade e meios de produção fonográfica a artistas da cena carioca de trap, funk e rap. O título inaugural do selo Paizão Records é o single Prioridades pra quem, lançado nesta terça-feira, 28 de abril.
O single autoral junta Baby com Kowl MC, Lacerda (intérprete e produtor musical do fonograma gravado com a batida do trap), Manuh Silva e MC Estudante. Todos interpretam e assinam a inédita composição Prioridades pra quem, cuja letra versa sobre perdas e desigualdades atiçadas pela pandemia, abordando também a questão da vacinação.
Os três próximos discos do selo Paizão Records serão feitos em intervalos de 20 dias. Pelo cronograma idealizado por Babu, os lançamentos serão mensais depois desse lote de singles iniciais.