Avianca cancela 12 voos no DF durante feriado de Páscoa


Em uma semana, 36 voos foram cancelados na capital. Rotas afetadas envolvem Recife e São Paulo. Passageiros passam por totens de autoatendimento da Avianca no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo
Macho Doce/Reuters
A companhia aérea Avianca anunciou nesta segunda-feira (15) o cancelamento de outros 12 voos que sairiam de Brasília ou chegariam à capital federal entre quinta (18) e sábado (20). As rotas atingidas no feriado de Páscoa incluem as cidades de Recife e São Paulo (veja abaixo).
Mais de 150 voos foram cancelados no país durante feriado
O maior número de cancelamentos ocorre no sábado (20), com cinco casos. O grupo se une a outros 24 voos da companhia que ocorreriam entre o último fim de semana e esta quarta (17) no Distrito Federal, mas acabaram cancelados.
A Avianca está em recuperação judicial e suas operações têm sido impactadas por decisões da Justiça que determinaram a devolução de aviões por falta de pagamento.
Confira a lista de voos cancelados no DF
18/04 (quinta-feira)
Voo 6300 – Brasília a Recife (PE)
Voo 6301 – Recife (PE) a Brasília
Voo 6318 – Brasília a Guarulhos (SP)
Voo 6319 – Guarulhos (SP) a Brasília
19/04 (sexta-feira)
Voo 6300 – Brasília a Recife (PE)
Voo 6301 – Recife (PE) a Brasília
Voo 6319 – Guarulhos (SP) a Brasília
20/04 (sábado)
Voo 6192 – Guarulhos (SP) a Brasília
Voo 6300 – Brasília a Recife (PE)
Voo 6301 – Recife (PE) a Brasília
Voo 6318 – Brasília a Guarulhos (SP)
Voo 6319 – Guarulhos (SP) a Brasília
Segundo a Avianca, as pessoas com passagens compradas para os voos cancelados terão direito a reembolso. Quem comprou bilhetes diretamente com a Avianca pode pedir a devolução do dinheiro pelo site.
Já aqueles que adquiriram passagens por meio de agências de viagens devem entrar em contato com a empresa que vendeu os bilhetes.
A companhia aérea informa que o cancelamento dos voos é devido a uma possível redução da sua frota. A medida, de acordo com a Avianca, “visa minimizar o impacto na sua operação e aos seus passageiros”.
A empresa afirma ainda que a lista de cancelamentos pode sofrer ajustes. Ao todo, em uma semana, 300 voos serão suspensos em todo o Brasil.
Recuperação judicial
Aeronave da Avianca aguarda autorização para decolagem no Aeroporto de Congonhas, em SP
Bruno Rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo
Na sexta-feira (12), a Agência Nacional de Aviação (Anac) informou que recebeu pedido para cancelar as matrículas de dez aviões operados pela Avianca Brasil, que pertencem à Constitution Aircraft Leasing. Uma das aeronaves já foi devolvida na quinta-feira, e as outras nove serão devolvidas até o final do domingo.
Quarta maior companhia aérea do país, a Avianca está em processo de recuperação judicial e tem sido cobrada, na Justiça, pelas empresas com as quais tem dívidas.
No último dia 4, um voo da empresa foi impedido de decolar do Aeroporto de Brasília por conta de uma liminar que havia determinado a penhora da aeronave. O avião decolou cerca de seis horas após o horário programado.
Na semana passada, os credores aprovaram o plano de recuperação judicial da companhia.
Leia mais notícias sobre a região no G1 DF.