Ashley Judd mostra fotos de acidente que sofreu no Congo e relata: ‘Poderia ter perdido a perna’


Em publicação no Instagram, atriz americana contou que teve a perna quebrada em quatro lugares e que recebeu a ajuda de congoleses durante ‘odisseia de 55 horas’. Ashley Judd mostra fotos de acidente que sofreu no Congo e faz relato: ‘Poderia ter perdido a perna’
Reprodução/Instagram
Ashley Judd usou as redes sociais para mostrar fotos e fazer o relato de um acidente que sofreu em uma floresta no Congo. Na última semana, a atriz falou sobre sua internação com o colunista do jornal “New York Times”, Nicholas Kristof.
Ela contou que, por causa de uma lanterna defeituosa, teve dificuldades para enxergar durante uma excursão no Congo, tropeçou em uma árvore caída e quebrou a perna.
Na queda, a atriz americana de 52 anos sofreu lesões em quatro lugares de sua perna. No Instagram, deu mais detalhes sobre o caso.
“Sem meus irmãos e irmãs congoleses, minha hemorragia interna provavelmente teria me matado e eu poderia ter perdido minha perna”, afirma a atriz.
“Acordo chorando de gratidão, profundamente comovida por cada pessoa que contribuiu com algo para dar vida e salvar o espírito durante minha exaustiva odisseia de 55 horas”, escreve Judd, citando cada pessoa que a acompanho.
A atriz contou que um homem chamado Dieumerci usou sua perna de apoio para imobilizar a da atriz, que foi quebrada em quatro partes e tinha uma lesão no nervo.
“Dieumerci permaneceu sentado, sem se mexer ou hesitar, durante 5 horas no chão da floresta tropical. Ele estava comigo na dor mais aguda. Ele foi minha testemunha.”
A atriz contou que outro homem, Papa Jean, a encontrou após essas cinco horas.
“Ele me encontrou, miserável e selvagem no chão, e avaliou calmamente minha perna quebrada. Ele me disse o que tinha que fazer. Eu mordi um pedaço de pau. Segurei Maud. E com precisão, Papa Jean começou a manipular e ajustar meus ossos quebrados para ficarem em uma posição que eu pudesse ser transportada, enquanto eu gritava e me contorcia de dor. Ele me salvou. E precisou fazer isso duas vezes.”
Initial plugin text
Ela conta ainda que foi carregada por seis homens em uma rede, que caminharam por três horas tentando fazer o menor movimento possível durante o trajeto. “Heróis”, definiu a atriz sobre o grupo.
Após isso, a atriz conta que foi levada para uma moto. “Quando eu começava a cair, a querer desmaiar, ele [Didier] me chamava para eu me reposicionar e me apoiar nele. Maradona andava na traseira da motocicleta, eu o encarei. Ele segurou minha perna quebrada sob o calcanhar e eu segurei a parte de cima quebrada junto com minhas duas mãos. Juntos, fizemos isso por seis horas em uma estrada de terra irregular e esburacada.”
A atriz finalizou o relato agradecendo as mulheres que a recepcionaram. ” Minhas irmãs que me seguraram. Elas me abençoaram”.
Ashley Judd mostra fotos de acidente que sofreu no Congo e relata: ‘Poderia ter perdido a perna’
Reprodução/Instagram
VÍDEOS: Saiba tudo sobre entretenimento com o Semana Pop