‘Aruanas’ estreia na Globo com ativistas vividas por Taís Araújo, Leandra Leal e Débora Falabella


Série do Globoplay será exibida toda terça-feira depois da novela. Clara (Thainá Duarte), Verônica (Taís Araújo), Natalie (Débora Falabela) e Luiza (Leandra Leal) são as ativistas de “Aruanas”
Fábio Rocha/Globo
A série “Aruanas” estreia nesta terça-feira (28) na Globo, depois da novela “Fina Estampa”. A história de investigação ambiental protagonizada por Taís Araújo, Leandra Leal e Débora Falabella, original do Globoplay, vai ser exibida toda as terças.
Amigas de infância, a ativista Luiza (Leandra), a jornalista Natalie (Falabella) e a advogada Verônica (Araújo) fundaram a ONG Aruana e são destemidas quando o assunto é alguma causa que elas acreditam.
Após uma denúncia anônima, a ONG passa a investigar a mineradora KM, do empresário Miguel (Luiz Carlos Vasconcelos). As gravações foram feitas em regiões próximas a Manaus.
Além disso, elas precisam continuar tocando suas vidas com relacionamentos abusivos, traições, decepções e filhos.
“Eu me considerava uma pessoa consciente antes de fazer a série, mas no meio eu vi que consciência sem ação serve para pouca coisa, se não até para nada. É urgente, é preciso agir”, afirma Taís Araújo.
Parte do elenco é formada por atores e atrizes locais. “Levamos uma produção inteira para a Amazônia. A gente teve um elenco inteiro de lá, um elenco indígena incrível. Eu fico muito feliz de estar nesse projeto”, disse Débora Falabella.