Artista recebe R$ 450 mil de museu e entrega quadro em branco


O artista recebeu quase meio milhão de reais para recriar obras de arte antigas, mas produziu apenas duas telas em branco. Obra foi batizada de ‘Pegue o dinheiro e fuja’
Reuters
Um museu dinamarquês quer que um artista devolva cerca de 534 mil coroas (R$ 450 mil) que ele recebeu em dinheiro para recriar antigas obras de arte usando cédulas. Apesar da encomenda, ele produziu telas em branco com o título “Pegue o dinheiro e fuja”.
O artista dinamarquês Jens Haaning recebeu a encomenda do Museu Kunsten. Ele foi convidado a reproduzir duas de suas obras que representam o salário anual na Dinamarca e na Áustria.
Depois que o artista embolsou o dinheiro e produziu as telas em branco, a reação do museu até agora tem sido mista.
“Ele mexeu com minha equipe de curadoria e também mexeu comigo um pouco, mas eu também tive que rir porque foi muito engraçado”, disse à BBC Lasse Andersson, diretor do museu na cidade de Aalborg.
A mensagem secreta inscrita no quadro ‘O Grito’ pelo próprio autor da obra
Da Vinci verdadeiro ou falso? As incertezas sobre o quadro mais caro da história
No entanto, Andersson deixou claro que o dinheiro precisa ser devolvido quando a exposição terminar.
“É o dinheiro do museu e temos um contrato dizendo que o dinheiro estará de volta no dia 16 de janeiro”, disse.
Mas Haaning, de 56 anos, prometeu ficar com o dinheiro. “A obra de arte é que eu peguei o dinheiro deles”, disse ele ao site dr.dk.
“Estimulo outras pessoas que têm péssimas condições de trabalho como eu a fazer o mesmo”, disse ele. Segundo o artista, recriar seus trabalhos anteriores teria lhe custado 25 mil coroas (R$ 21 mil).
Em entrevista à BBC, Andersson refutou a alegação de Haaning de que o museu não o estava pagando de forma justa.
“Acabamos de assinar um acordo com a associação de artistas dinamarquesa que aumenta o valor que os artistas recebem quando estão exibindo”, disse ele. “Acho que Jens meio que quebrou o acordo.”