Arqueiro indígena do Amazonas vence campeonato brasileiro de tiro com arco


Ele vive na comunidade Três Unidos, localizada a 60 km de Manaus. Indígena amazonense Nelson Moraes, da Comunidade Três Unidos, venceu a disputa
Divulgação
Um arqueiro indígena da etnia kambeba tornou-se bicampeão brasileiro de tiro com arco, na categoria juvenil, no domingo (13). A disputa aconteceu em Maricá, município do Rio de Janeiro. Nelson Moraes, de 20 anos, também conhecido como Inha – seu nome indígena – faz parte do projeto Arquearia Indígena, realizado pela Fundação Amazônia Sustentável (FAS).
Morador da comunidade Três Unidos, localizada a 60 quilômetros de Manaus, o indígena já conquistou mais de 14 medalhas desde o início do projeto da FAS e participou de competições internacionais, além de ter sido o campeão brasileiro juvenil em 2019.
Inha relata que desde muito pequeno costumava brincar com flecha de tacana, uma espécie de bambu que serve para fazer flechas de caça. Ele conta que seus títulos no esporte são motivo de muito orgulho para a comunidade indígena, que sempre celebra com festa as conquistas no tiro com arco.
Em 2021, ele pretende continuar competindo, porém na categoria Adulto. A Arquearia Indígena é um projeto coordenado pela Agenda Indígena da FAS, com apoio da Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel) e da Federação Amazonense de Tiro com Arco.
O arqueiro indígena da etnia kambeba, Nelson Moraes.
Divulgação
Veja os vídeos mais assistidos do G1 AM: