Aos 80 anos, Jorge Mautner regrava com Cecília Beraba o rock de protesto que compôs na juventude


Cantora carioca lança o single ‘Não, não, não’ e prepara para 2022 um segundo álbum com músicas do compositor. ♪ Aos 80 anos, Jorge Mautner insiste na juventude. Em dueto com a cantora carioca Cecilia Beraba, o artista regravou a música que lançou no primeiro disco da carreira.
Trata-se do rock Não, não, não, composto por Mautner em 1965 – quando contabilizava 24 anos e já era reconhecido como escritor na área literária, tendo sido premiado pelo livro Deus da vida e da morte (1962) – para protestar contra a ditadura instaurada no Brasil em 1964.
Apresentado pelo autor ao lado da música Radioatividade, em single duplo editado em 1966 pela gravadora RCA Victor, o rock Não, não, não ressurge com Mautner e Cecília Beraba em single que aporta nos aplicativos de música na próxima sexta-feira, 27 de agosto.
Manifesto contra todas as formas de opressão, o rock Não, não, não ganha atualidade no Brasil de 2021, 56 anos após ter sido composto em contexto político que, embora diferente e em tese superado, parece reverberar em atos recentes que vem novamente assombrando a democracia do país.
Capa do single ‘Não, não, não’, de Cecília Beraba com Jorge Mautner
Arte de Allan Sieber
Com capa que expõe arte do cartunista e artista plástico Allan Sieber, o single Não, não, não foi gravado com os toques do piano e da sanfona de Antônio Guerra, do baixo de Gabriel Loddo, da guitarra de Glauber Seixas e da bateria de Thomas Harres com produção musical orquestrada pela própria Cecília Beraba.
O single Não, não, não amplia a conexão da cantora com Jorge Mautner em link que gera álbum em 2022. Meses após festejar os 80 anos do artista multimídia com o álbum Eterno meio-dia – Parcerias com Jorge Mautner, editado em 19 de março, Cecília prepara um segundo álbum com músicas do compositor carioca.
Previsto para ser lançado em 27 de janeiro de 2022, dia do 81º aniversário do artista, o álbum Cecília Beraba Canta Jorge Mautner – Só o amor pode matar o medo trará no repertório composições de diversas fases da carreira desse cantor que, logo depois de debutar em disco com o single duplo Radioatividade / Não, não, não, foi enquadrado pelo regime militar na Lei de Segurança Nacional e teve que deixar o Brasil para não ser preso.