Ao menos 50 cidades registram atos pela Educação nesta manhã

Ato pela Educação organizado em Salvador na manhã desta quinta-feira (30)

Ato pela Educação organizado em Salvador na manhã desta quinta-feira (30)
Divulgação/Ubes – 30-05-2019

A manhã desta quinta-feira (30) foi marcada por atos em defesa da Educação em, segundo os organizadores, 50 cidades de 15 Estados. Ainda não há um número oficial de participantes.

Os atos foram convocados pela UNE (União Nacional dos Estudantes) e Ubes (União Brasileira dos Estudantes Secundaristas) contra o corte de verbas anunciado pelo ministro da Educação, Abraham Weintraub, que reduziu o orçamento das universidades federais, bloqueou recursos para ações e programas da área,  cortou bolsas de pesquisa e recursos para programas de alfabetização.

Este é o segundo dia de prostestos pelo país, o primeiro ocorreu no dia 15 e reuniu 1,5 milhão de pessoas. Para esta quinta, as entidades estudantis programaram atos ao longo do dia em 150 cidades, em 20 Estados. A tarde são esperados protestos nas principais capitais.

Em São Paulo, o ponto de encontro será às 16h no Largo da Batata e os manifestantes seguirão até o Masp (Museu de Arte de São Paulo), na avenida Paulista. Na capital mineira, a praça Afonso Arinos será o ponto de encontro às 17h. No Rio de Janeiro, os protestos começam às 15h na Candelária. E em Brasília, os estudantes devem se reunir às 10h em frente ao Museu Nacional.

Também são esperados atos fora do Brasil. Estudantes nos Estados Unidos, Portugal, Irlanda, Suíça, Holanda e Luxemburgo.

Os principais sindicatos de educadores paulistas convocaram os servidores para paralisarem as atividades nesta quinta-feira.