Anvisa interdita lote de vacina pentavalente produzida por empresa indiana


Após reprovação no teste que analisa cor, odor e embalagem, lote de vacinas da Biologicals E. Limited não será distribuído. Vacina pentavalente protege contra difteria, tétano, coqueluche, a bactéria “haemophilus influenza” tipo B e hepatite B
Dayse Euzébio/Secom-JP
Por meio de resolução publicada no Diário Oficial desta sexta-feira (17), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) interditou um lote de vacinas da empresa indiana “Biologicals E. Limited”.
Conforme o texto do Diário Oficial, a vacina é do tipo pentavalente líquida e “obteve resultado insatisfatório no ensaio de aspecto”. A empresa é especializada na produção de vacinas de baixo custo.
Apenas 56% do público-alvo já tomou a vacina da gripe este ano
O “ensaio de aspecto” é a análise do órgão regulador que verifica cor, odor e características da embalagem de um produto.
A vacina pentavalente, como o próprio nome indica, protege o paciente contra cinco doenças: difteria, tétano, coqueluche, a bactéria haemophilus influenza tipo B (responsável por infecções no nariz e na garganta) e hepatite B. As crianças devem tomar três doses da vacina aos 2, 4 e 6 meses de idade.
Em nota enviada ao G1, o Ministério da Saúde afirmou que “o lote interditado pela Anvisa não foi distribuído, dada a reprovação durante a análise de qualidade realizada pelo Instituto Nacional Controle Qualidade em Saúde (INCQS)”.
A nota diz, ainda, que as vacinas da empresa são adquiridas há cinco anos e até o momento não vinham apresentando problemas: “Desde 2014, a pasta adquire o imunobiológico (vacina duplo adulto e pentavalente) da empresa; todas as distribuições realizadas até então são referentes a outros lotes aprovados durante análise de qualidade.”
O lote interditado é o de número 220105317B. Procurada pelo G1 nesta sexta-feira, a empresa “Biologicals E. Limited” não se pronunciou até a mais recente atualização desta reportagem.
Vacina contra meningite: entenda os tipos e quem deve tomar