Antonio Villeroy prepara ‘Banquete’, álbum de inéditas e duetos, para festejar 60 anos de vida e 40 de música


♪ Em 1981, enquanto ainda cursava agronomia em universidade de Porto Alegre (RS), Antonio Villeroy prestou exame na Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) e se profissionalizou como instrumentista e compositor, ofícios que já vinha exercendo informalmente desde a adolescência, quando ganhou o primeiro violão aos 13 anos.
Quarenta anos após ter posto o pé na profissão, o artista gaúcho – nascido em São Gabriel (RS) em 19 de julho de 1961 – aproveita a proximidade dos 60 anos e programa série de lançamentos fonográficos para comemorar as duas efemérides ao longo de 2021.
Entre outros lançamentos, o cronograma inclui a edição de álbum ao vivo em 7 de maio, o lançamento em julho de Gravidade do amor – registro audiovisual de show gravado com participações de Toninho Horta e Luiz Carlos Borges, entre outros convidados – e a edição em agosto de single com Hyldon, além de outro registro audiovisual de show, Luz acesa, agendado para setembro.
O ápice da comemoração está previsto para novembro, mês em que Villeroy planeja lançar álbum de músicas inéditas, intitulado O banquete por ter sido inspirado pelo livro homônimo escrito por volta do ano 380 a.C. pelo filósofo grego Platão (428 a.C. – 347 a.C.).
Pelo fato de o livro abordar o amor na forma de diálogos, Villeroy arquitetou álbum estruturado com duetos. Parceira do compositor em baladas como Pra rua me levar (2001) e Outono (2006), Ana Carolina estará presente no time de convidados do álbum O banquete com canção inédita.
O repertório poliglota do disco inclui músicas em português, inglês, espanhol, francês e italiano. A cantora italiana Chiara Civello é parceira e convidada de Villeroy na canção Between now and goodbye. A cantora francesa Marie Minet participa de Certain jour, música de Villeroy com letra em francês. Já a italiana Mafalda Minnozzi faz duo com o artista em canção composta por Villeroy em parceria com o hitmaker norte-americano Jeff Franzel, com letra em italiano e português.
O repertório do álbum O banquete também inclui parceria e dueto com o cantor e compositor espanhol Pedro Guerra.
Além das músicas inéditas, Villeroy regrava Manhã (2006) – parceria com Alê Ferreira, Ana Carolina e Bebeto Alves – com a cantora venezuelana Georgina em versão em espanhol intitulado Mañana.
Detalhe: a base da faixa Mañana foi gravada em 2018 com músicos da banda de David Byrne, quando o artista britânico estava em turnê pelo Brasil e Villeroy foi convidado a fazer o show de abertura da apresentação de Byrne em Porto Alegre (RS).