Anitta lança canal de games e vai aprender ao vivo: ‘as pessoas se divertem vendo o outro errar’


Em entrevista ao G1, cantora explica que buscava formas de divulgar trabalho a novos públicos: ‘vi que o mercado de games é um dos maiores online neste momento’. Anitta lança canal de games
Fernando Tomaz/Divulgação
Anitta há algum tempo já atravessou as barreiras da música brasileira ao levar sua carreira para outros mercados, como o europeu e o americano. A partir desta quinta-feira (3), a cantora expande ainda mais suas ambições com o lançamento de um canal de games, no qual testará ao vivo jogos como “Free Fire” e “GTA”.
A primeira das transmissões, em uma parceria de exclusividade com o Facebook, começa às 20h e vai contar com a participação da drag queen Samira Close. Elas devem acontecer semanalmente, e poderão ser assistidas através da página de Anitta na rede social.
A cantora garante que a novidade – inesperada, para alguns – tem muito a ver com ela, fã da série de simulação “The Sims” desde a adolescência. Além de mostrar seus dons em seu game favorito, a ideia é também aprender a jogar outros títulos populares junto do público.
“Tenho muita experiência em ‘The Sims’ e alguns outros jogos, porém no ‘Free Fire’ e no ‘GTA’ não”, diz Anitta em entrevista ao G1.
“Quero que me assistam aprendendo. Acho que as pessoas se divertem vendo o outro errar também. Eu sou bem comunicativa nesse tipo de coisa quando estou aprendendo, acho que vão se divertir.”
Initial plugin text
Patroa tá on
A novidade pode até se aproveitar de seu lado gamer, mas parte mesmo de outra das facetas mais conhecidas da cantora, a da mulher de negócios. O canal é encarado por Anitta como uma maneira de desbravar umas das maiores entre as indústrias de entretenimento.
“100% é para entrar no mercado”, diz. “Mas também por ser uma coisa que não é longe de quem eu sou. Só faço algo se realmente tem a ver comigo.”
Apesar de ter voltado há pouco tempo de uma viagem na Europa, a cantora continuou a procurar meios de divulgação durante a pandemia, já que regiões como América Latina e Estados Unidos ainda estão fechadas para turnês.
“Eu parei de jogar na verdade porque estava trabalhando demais. Porém na pandemia já voltei como era antigamente, quando eu tinha mais tempo. E aí me falaram muito sobre essa coisa da transmissão”, conta a cantora.
“Comecei a pesquisar novas formas de expandir o trabalho, e vi que o mercado de games é um dos maiores online neste momento.”
Uma das expansões de ‘The Sims 4’, ‘Vida em família’, foca na rotina caseira
Divulgação
Paixão pela simulação
A paixão por “The Sims”, no qual os jogadores podem controlar quase todos os aspectos das vidas de personagens criados por eles mesmos, começou ainda no primeiro da série, lançado em 2000.
“Não lembro exatamente. Eu tinha uns 13, 12 anos. Amava muito. Sempre amei”, diz a cantora. Entre as histórias mais engraçadas criadas ao longo dos anos nos jogos, ela se lembra, entre risadas, de uma grande reviravolta de amor e traição.
“Eu tinha duas famílias que eu gostava muito. Tinha construído a casa tim-tim por tim-tim. Eu amava, tinha o maior apego. De repente os dois pais se apaixonaram, e aí se casaram”, conta a cantora.
“As duas mães ficaram sozinhas e eles foram para outra casa, os dois. E as mulheres ficaram morando juntas. As crianças iam de uma casa para outra. Foi bem divertido.”
Mas como ter a companhia de amigos sempre é mais divertido, Anitta afirma que já chamou outros famosos para participarem de futuras transmissões.
“Já convidei alguns amigos para jogarem comigo. Estava falando com o Neymar para ele fazer algumas comigo, me ensinar algumas coisas principalmente em jogo de futebol”, diz ela.
“Falei também com o PK, que é um rapper incrível, amicíssimo meu aqui do Rio de Janeiro, para a gente fazer umas transmissões de ‘Free Fire’, que ele adora.”