Andra Day diz que ficou ‘mais corajosa’ após interpretar Billie Holiday


Atriz foi indicada ao Oscar por papel em filme ‘Estados Unidos Vs Billie Holiday’, que mostra participação da cantora na luta dos direitos civis e impacto da música ‘Strange fruit’. Andra Day como Billie Holiday no filme “Estados Unidos Vs Billie Holiday”
Divulgação
A cantora norte-americana Andra Day diz que ter interpretado Billie Holiday a tornou mais corajosa.
A atriz de 36 anos foi indicada a um Oscar de melhor atriz por seu papel de estreia em “Os Estados Unidos vs. Billie Holiday”, que analisa a participação da cantora de jazz na defesa dos direitos civis dos negros e o furor que se desencadeou quando ela cantou a balada “Strange Fruit”.
Oscar 2021 terá transmissão ao vivo no G1
Veja lista completa de indicados
Inicialmente, Holiday cantou a canção de protesto sobre o linchamento de pessoas negras em 1939 no Cafe Society, o primeiro clube noturno racialmente integrado da cidade de Nova York.
“Acredito que Deus usou este papel e Billie Holiday e seu espírito só para me tornar um pouco mais corajosa”, disse Day.
“Ainda vou me sentir um pouco inadequada às vezes e me sentir meio amedrontada, mas só de aparecer de alguma maneira… Tentei fazer disto um hábito antes do filme, mas isso me incentivou a fazê-lo ainda mais, de certa maneira”, ela disse à agência Reuters.
Também indicada ao Grammy, Day disse que ainda está “se aliviando” do peso do papel, acrescentando que só viu o filme uma vez.
“Foi muito emotivo para mim, foi difícil”, explicou. “Passei por uma montanha-russa de tristeza, sofrimento e ressentimento, mas também alegria”.
Day recebeu um Globo de Ouro por sua atuação e disputará o prêmio da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas com Frances McDormand, Viola Davis, Vanessa Kirby e Carey Mulligan no próximo domingo.
Assista ao trailer de ‘Estados Unidos Vs Billie Holiday’