Amazon expõe dados íntimos de atrizes de site de pornografia

<div class="media_box full-dimensions660x360">

<div class="edges">
<img class="croppable" src="https://img.r7.com/images/rg-de-brasileira-vazado-do-site-da-amazon-15012020235700797?dimensions=660×360&amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=512×279+0+41&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;&amp;amp;resize=660×360&amp;amp;crop=512×279+0+41" title="Dados vazados incluem perfis corpóreos e documentos " alt="Dados vazados incluem perfis corpóreos e documentos " />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="content_image">
<span class="legend_box ">Dados vazados incluem perfis corpóreos e documentos </span>
<span class="credit_box ">Reprodução</span>
</div>
</div>

<p>
Uma pasta aberta de um dos servidores da Amazon expôs perfis completos com dados íntimos e documentos de mulheres que faziam transmissões pornôs pela web. A informação é do relatório da VPN Mentor, e a informação foi descoberta pelos especialistas Noam Rotem e Ran Locar.</p>
<p>
<a href="https://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/facebook-e-twitter-alertam-usuarios-sobre-vazamento-de-dados-25112019" target="_blank"><strong>Facebook e Twitter alertam usuários sobre vazamento de dados</strong></a></p>
<p>
Os dados hospedados na Amazon no estado da Virgínia, nos EUA, pertenciam ao site de conteúdo adulto Pussy Cash. A pasta aberta continha quase 20 GB de informações extremente sensíveis, como dados sexuais, marcas corporais, piercing, tatuagens de quatro mil modelos, como também documentos, endereço, telefones.</p>
<p>
Os mais de 800 mil documentos e informações foram descobertos dia 3 de janeiro, e no dia seguinte a empresa foi notificada oficialmente. Segundo o relatório, no dia 9 deste mês a empresa bloqueou o acesso à pasta da página Pussy Cash e sua rede, que inclui o site ImLive.</p>
<p>
O site especializado em pornografia pela webcam oferecia também o serviço das cadastro das modelos para trabalho com conteúdo adulto. Ao todo, a rede possui cerca de 66 milhões de usuários registrados. As informações vazadas afetam modelos de países da África, América do Norte, América Latina, Europa, Ásia e Austrália.</p>
<p>
De acordo com o relatório, o impacto do vazamento destes dados pode afetar fortemente a vida de quem teve seus dados expostos, desde a publicação de nome e dados verdadeiros, geralmente ocultados em sites de pornografia, como também a facilidade de golpes com roubos de identidades completas. </p>
<p>
 </p>