Alunos e professor lançam livro digital com sete tipos de solos encontrados em Cruzeiro do Sul (AC)


E-book está disponível para download gratuito. Estudo fez um levantamento dos solos mais usados e traz orientações para manejo. Professor Edson Araújo em exame de perfil de solo na BR-317 durante pesquisa para o livro
Jessé França/Arquivo pessoal
Após três anos de pesquisa e produção, o professor Edson Araújo e alunos do programa de pós-graduação em Produção Vegetal da Universidade Federal do Acre (Ufac), Campus Floresta, em Cruzeiro do Sul, lançaram, no início do mês, um livro digital com sete tipos de solos encontrados no munícipio.
O e-book ‘Aspectos Relevantes do Sistema de Produção de Culturas Agrícolas Prioritárias para o Município de Cruzeiro do Sul, Acre: Ênfase ao Manejo da Fertilidade dos Solos’ está disponível para download gratuito.
O livro é uma espécie de manual para ajudar produtores rurais, professores e estudantes da área. Ele traz os tipos de solos de cada região, suas potencialidades, fragilidades, o tipo de manejo para cada solo e algumas das principais plantações do município.
O material tem 15 capítulos e quase 230 páginas. A obra foi elaborada também com ajuda de alguns produtores rurais e da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), que produziu em 2005 um manual semelhante. Contudo, o professor Edson Araújo falou que o material está um pouco defasado.
O pesquisador explicou também que esse é o primeiro livro focado especificamente no tipo de solo de Cruzeiro do Sul.
“A ideia é você tentar entender o solo para cultivar, precisa conhecer a cultura que está trabalhando e o ambiente que está. Isso é o tripé básico para trabalhar. É uma espécie de manual que pode atender tanto técnicos, orientar produtores e vai servir para estudos acadêmicos. É uma ajuda, sabemos que o que acontece no campo chega antes, a gente chega um pouco atrasado, principalmente com assistência técnica que sabemos que é tão sofrida e sem incentivo”, destacou o estudioso.
Livro fala sobre manejo e fertilidade de solos, produções agrícolas e traz orientações para produtores
Walter Rodrigues/Arquivo pessoal
Tipo de solos
O estudo conseguiu identificar os sete tipos de solos mais expressivos na região de Cruzeiro do Sul:
Argissolo (74%);
Gleissolo (10%);
Plintossolo (7,3%);
Luvissolo (2,7%);
Neossolo (2,4%);
Latossolo (1,9%);
Vertissolo (0,3%).
Para fazer o levantamento, as equipes se basearam dados do Zoneamento Ecológico e Econômico do Acre e também de outros levantamentos feitos na região pelos pesquisadores. Com esses dados, o livro foi produzido com recomendações de uso e manejo da fertilidade.
“Temos trabalhado junto a Embrapa, levantando recursos da região, principalmente o solo, e vamos publicar outro material bem mais detalhado sobre o solo da região e vai ajudar muito para envolver as culturas. Quando mais você conhece, mais consegue indicar lugares melhores e passar informações mais detalhadas a nível de campo”, confirmou.
Tipos de solos mais expressivos na região de Cruzeiro do Sul
Reprodução/Zoneamento Ecológico e Econômico do Acre (ZEE)
Ainda segundo o pesquisador, os tipos de solos mais usados no município é o neossolo, encontrado às margens das praias e utilizado para plantar feijão e melancia, e também o argissolo, usado para pastagens extensivas, plantação de mandioca e outros.
“Para áreas de influência do rio, as culturas mais plantadas são o milho, mandioca, melancia, feijão arroz. Fizemos algumas reuniões junto com o poder público municipal, então, muitas demandas vieram dos produtores via Embrapa, Secretaria Municipal de Agricultura”, concluiu.