Alimentação proibida em sala, máscara e distanciamento: veja como será a 1ª fase da Fuvest neste domingo


Para atender ao distanciamento necessário e ter apenas 40% de ocupação nas salas, Fuvest terá 148 locais de prova neste ano, contra 88 em 2020. Cerca de 130 mil estudantes estão inscritos para realização da prova em SP neste domingo (10). Foto de arquivo da fachada do Conjunto Residencial da USP (Crusp) na Cidade Universitária, Zona Oeste de São Paulo
Marcos Santos/USP Imagens
A primeira fase da Fundação Universitária para o Vestibular (Fuvest) acontece neste domingo (10) e o vestibular preparou um esquema especial para aplicar as provas aos cerca de 130 mil estudantes inscritos no concurso, com orientação e cuidados para a prevenção da Covid-19.
Fuvest divulga ranking de concorrência das carreiras para o vestibular de 2021
Enem x Fuvest x Unicamp: veja quais são as diferenças entre os exames
Os portões serão abertos às 12h, uma hora antes do início do exame, para evitar aglomerações. Uma mudança importante é que os candidatos não poderão comer dentro da sala de aplicação de prova. Se quiser comer, deverá pedir permissão ao fiscal e se alimentar em um local demarcado pela coordenação da escola. No entanto, o tempo que o candidato gastar com sua alimentação não será reposto no tempo total da prova.
O uso de máscara é obrigatório. O único momento em que ela poderá ser retirada é durante o reconhecimento facial. Durante a prova, um fiscal irá passar na sala com um tablet para fazer o reconhecimento. Ele irá em um estudante de cada vez, que deve retirar a máscara, olhar para o tablet e colocar a proteção novamente, o mais rápido possível.
Vestibular da Fuvest no domingo (10) terá mais de mais de 130 mil alunos inscritos
O exame será realizado em 34 cidades. Para conseguir atender ao distanciamento necessário, neste ano a Fuvest terá 148 locais de prova, contra 88 em 2020. O máximo de ocupação é de 40% em cada sala.
Os estudantes terão que responder 90 questões de conhecimentos gerais. No dia 21 de fevereiro será realizada a prova de Português e redação, já na segunda fase. E, no dia 22 de fevereiro, a prova das disciplinas específicas de acordo com a carreira escolhida.
Veja as recomendações da Fuvest:
Ao chegar no local de prova
Ao entrar na escola, dirija-se imediatamente à sala de aula;
Evite ficar no corredor;
Utilize a máscara durante todo o tempo de permanência na escola.
Ao chegar na sala de aplicação de prova
Identifique-se: mostre seu documento oficial com foto para o fiscal da sala. Não é necessário entregar o documento na mão do fiscal. Evite contato físico. Comunique-se apenas de forma essencial.
Sente-se: identifique a sua carteira (há um cartão personalizado de papel com o seu nome colado nela) e sente-se. Evite trânsito desnecessário pela sala de prova.
Higienize-se: Você encontrará um sachê com um tecido embebido em álcool sobre a sua mesa. Abra o sachê, pegue o pano e higienize a sua mesa. Descarte esse tecido no lixo.
Fuvest começa domingo (10) com mais de 130 mil alunos inscritos
Durante a prova
Utilize a máscara durante todo o tempo de permanência na escola;
A Fuvest irá fornecer um envelope para cada candidato colocar sua máscara usada caso queira trocá-la enquanto o exame esteja em curso;
O candidato poderá fazer uso livremente do álcool em gel disponível na sala, devendo solicitar ao fiscal de sala que leve o frasco até ele. O estudante também pode levar seu próprio álcool em gel.
Os candidatos não poderão comer dentro da sala de aplicação de prova. Se quiser comer, deverá pedir permissão ao fiscal e se alimentar em um local demarcado pela coordenação da escola. No entanto, o tempo que o candidato gastar com sua alimentação não será reposto no tempo total da prova;
Os candidatos poderão sair em definitivo das salas de prova somente após as 16 horas.
Estudante não deve ir ao local de prova em caso de:
Caso suspeito de Covid-19
Diagnóstico confirmado de Covid-19 a partir de 1 de janeiro;
Contato com caso confirmado de Covid-19 após 1 de janeiro.
VÍDEOS: AULÃO DO G1