Alcione refaz no single ‘Alto conceito’ o papel da mulher submissa ao homem amado


Samba segue linha recorrente no repertório da cantora e integra o repertório de ‘Tijolo por tijolo’, primeiro álbum de músicas inéditas da artista em sete anos. Capa do single ‘Alto conceito’, de Alcione
Marcos Hermes
♪ Na dramaturgia da canção popular romântica, geralmente cabe a Alcione o papel da mulher submissa aos caprichos do homem amado e nem sempre amável.
O samba Sufoco (Chico da Silva e Antônio José, 1978) e as baladas Nem morta (1985) e Estranha loucura (1987) – ambas compostas pela dupla de hitmakers Michael Sullivan & Paulo Massadas para a cantora – exemplificam bem essa vertente desde sempre recorrente no cancioneiro de Alcione.
Alto conceito – segundo single do ainda inédito álbum Tijolo por tijolo – repõe a Marrom nesse papel que lhe deu grande popularidade.
Samba de Fred Camacho e Leandro Fab, enquadrado no molde do pagode romântico na gravação lançada em single na sexta-feira, 24 de abril, Alto conceito explora essa linha em letra que, mesmo sem retratar homem mal-comportado, exibe submissão feminina aos desejos masculinos.
“Quem se perfuma e te espera chegar / Muda o cabelo pra você notar / Quem te deseja no jeito de olhar / Meu amor? / Quem bota a mesa pra você jantar / Bota champagne querendo brindar / Quem não se cansa de comemorar nosso amor? / Essa mulher sou eu / O meu amor é teu / Me viro do avesso pra te agradar / Você já me convenceu” são versos cantados por Alcione em Alto conceito com a segurança de que o samba irá contentar o público mais cativo da cantora.
Alto conceito é o segundo single do álbum Tijolo por tijolo, primeiro disco de inéditas de Alcione desde Eterna alegria (2013). O primeiro single, Fascínio (Toninho Geraes e Paulinho Rezende), foi apresentado em 13 de março com letra escrita na mesma linha de Alto conceito.
Previsto de início pela gravadora Biscoito Fino para ter sido lançado neste mês de abril de 2020, o álbum Tijolo por tijolo teve a edição adiada por conta da pandemia do coronavírus.
Neste disco, Alcione dá voz a músicas como Tijolo por tijolo (Serginho Meriti e Claudemir), O homem de três corações (Altay Veloso e Paulo César Feital) – homenagem ao ex-jogador de futebol Pelé – e Meu universo (Jorge Vercillo e Zeppa), entre composições de Arlindo Cruz, Edil Pacheco, Roque Ferreira, Salgado Maranhão, Telma Tavares e Zé Américo.