Alceu Valença expia saudade de amigos confinados em single que batiza e anuncia álbum do artista


Capa do single ‘Saudade’, de Alceu Valença
Leo Aversa
♪ Aos 75 anos, recém-completados em 1º de julho, Alceu Valença lança single com música inédita, Saudade, composta na pandemia, gravada em formato de voz & violão e programada para ser lançada na sexta-feira, 9 de julho.
O single é a primeira amostra do álbum também intitulado Saudade e previsto para ser apresentado em 23 de julho, em edição da gravadora Deck.
Nessa composição, o cantor, compositor e músico pernambucano expia a saudade derivada do isolamento social. “Saudades de amigos como eu confinados / Que, mesmo distantes, se encontram ao meu lado / Xô saudade…”, canta Alceu, voltando a tema recorrente no cancioneiro autoral do artista.
Cheiro da saudade (1986), Porto da saudade (1980), Recado falado (Metrô da saudade) (1988), Saudade circense (2016), Saudade de Pernambuco (1979) – música-título de álbum gravado por Alceu na solidão de Paris, em 1979 – e Xô saudade (1980) são algumas músicas de autoria do compositor que, como já indicam os títulos, embutem versos sobre esse sentimento tão presente na alma do poeta.