Álbuns e singles de Cauby Peixoto ganham edições digitais para celebrar os 90 anos do cantor


Combo revitaliza discos lançados originalmente nas décadas de 1950 e 1960 pelo artista fluminense, morto em 2016. ♪ Detentora da maior parte da discografia de Cauby Peixoto (10 de fevereiro de 1931 – 15 de maio de 2016), por ser dona dos acervos das gravadoras Columbia e RCA-Victor, a Sony Music celebra com quase dois meses de atraso os 90 anos de nascimento deste artista fluminense que se tornou referência de canto masculino no Brasil pela aveludada voz de barítono.
Nada menos do que 18 álbuns (sendo 17 lançados originalmente em LP e um disco ao vivo em CD) e 32 singles – entre discos de 78 rotações por minuto, compactos simples e compactos duplos – ganham as primeiras edições digitais em combo que desembarca nos aplicativos de música neste mês de março de 2021 com curadoria do jornalista, escritor e pesquisador musical Rodrigo Faour, biógrafo de Cauby.
Descontadas as três coletâneas produzidas entre os anos 1990 e 2000, o combo fonográfico abarca período que vai de 1953 – ano em que Cauby ingressou na gravadora Columbia – até 1992, ano em que, de volta à RCA-Victor (companhia então já denominada BMG-Ariola), o cantor lançou disco gravado ao vivo com Angela Maria (1929 – 2018).
Contudo, a quase totalidade dos discos foi editada originalmente entre 1953 e 1971, fase em que Cauby se alternou entre as gravadoras Columbia e RCA.
O período abrange as duas primeiras décadas da discografia de Cauby Peixoto, cantor que transitou por todos os formatos físicos da indústria fonográfica, tendo ido das velhas bolachas de 78 rpm até à era dos CDs e DVDs, mas nem sempre fazendo discos à altura da voz imortalizada pelos arroubos do intérprete.
Capa do álbum ‘Cauby canta novos sucessos’, de Cauby Peixoto
Divulgação
♪ Eis os 18 álbuns de Cauby Peixoto – lançados originalmente entre 1955 e 1992 – que ficam disponíveis nos players digitais juntamente com 32 singles e três compilações do cantor:
1. Blue gardenia (1955)
2. Canção do rouxinol (1956)
3. O show vai começar (1956)
4. Você, a música e Cauby (1956)
5. Ouvindo Cauby (1957)
6. Música e romance (1957)
7. Nosso amigo Cauby (1957)
8. Prece de amor (1958)
9. Seu amigo Cauby cantando para você (1959)
10. O sucesso na voz de Cauby Peixoto (1959)
11. Canção que inspirou você (1961)
12. Cauby canta novos sucessos (1961)
13. Perdão para dois (1962)
14. Tudo lembra você (1963)
15. Cauby interpreta (1964)
16. Cauby canta para ouvir e dançar (1965)
17. Porque só penso em ti (1965)
18. Angela & Cauby ao vivo (1992) – com Angela Maria
Capa do álbum ‘Você, a música e Cauby’, de Cauby Peixoto
Divulgação