Wesley Safadão ecoa sofrência forrozeira em EP com três músicas inéditas gravadas em live


♪ Na noite de sábado, 18 de abril, Wesley Safadão fez live que entrou pela madrugada de domingo, 19, e durou dez horas, totalizando 28 milhões de visualizações e arrecadando mais de 315 toneladas de alimentos que serão distribuídos para pessoas com renda afetada por conta da pandemia do coronavírus.
Além da longa duração da live, o cantor cearense se diferenciou por idealizar apresentação ao vivo na internet para ser gravada e gerar álbum e conteúdo audiovisual do projeto fonográfico WS em casa 2, sequência do álbum ao vivo WS em casa (2016).
Com agilidade, a gravação da live já rendeu EP lançado com três músicas inéditas incluídas pelo artista no roteiro do show virtual. São músicas como Esfriou demais (Xuxinha, Bruninho Moral, Lucas Macenna e Davi Melo) e Vai lá (Kaleb Junior, Felipe Amorim, Caio Djay e Pedro Padilha), gravadas pelo produtor musical Rob Bala na linha da sofrência forrozeira.
Capa do EP ‘WS em casa #2 [parte 01]’
Divulgação / Som Livre
Composição que acena explicitamente para o público das baladas, motor de grande parte da música produzida em escala industrial no universo pop brasileiro, Hoje é dia (Neto Barros, Guedes Neto, Dyeguinho Silva e Raniere Mazille) completa o repertório do EP WS em casa #2 [parte 01].
Além do EP, já disponível nas plataformas de áudio através da gravadora Som Livre, os vídeos das três músicas podem vistos no canal de Safadão no YouTube.