Volkswagen Tarek aparece na China; SUV será feito na Argentina para o Brasil


Modelo será ‘arma’ para enfrentar o Jeep Compass. No Salão de Xangai, é chamado de Tharu. Salão de Xangai 2019: conheça o Volkswagen Tarek
A Volkswagen exibe no Salão de Xangai o Tarek, que será fabricado na Argentina e vendido no Brasil. Maior que o T-Cross, o SUV médio vai ser a arma da montadora alemã contra o Jeep Compass, o líder do segmento, e deve chegar às lojas no ano que vem.
Em evento em Curitiba, na última terça-feira (16), o presidente da montadora no Brasil, Pablo Di Si, negou rumores de que o cronograma de produção tenha sido adiado. Ele sairá da fábrica onde era feito Spacefox., que recebeu US$ 650 milhões para ser modernizada.
Na China, onde é feito em parceria com a montadora local Saic, o Tarek é chamado de Tharu e não tem detalhes chamativos como o T-Cross, o SUV compacto recém-lançado pela marca.
Volkswagen Tarek no Salão de Xangai 2019
André Paixão/G1
A unidade exibida conta com tração nas 4 rodas e um interior bastante sóbrio, com quadro de instrumento digital e central multimídia, e teto solar.
Para o mercado brasileiro, alguns detalhes, como grade e desenho do farol, devem mudar.
O Tarek faz parte da grande ofensiva de SUVs da Volkswagen no mundo. Primeiro vieram a nova geração do Tiguan e o T-Cross.
Mais 2 utilitários esportivos devem ser lançados depois do Tarek, até o fim do ano que vem, totalizando os 5 mencionados por Pablo Di Si. Um será menor que o T-Cross e o outro, maior do que Tarek e Tiguan. Além dos SUVs, está confirmada a picape média Tarok, exibida como conceito no Salão de São Paulo no ano passado.
Volkswagen Tarek no Salão de Xangai 2019
André Paixão/G1
Initial plugin text