Volkswagen apresenta SUV elétrico para enfrentar Tesla na China


ID Roomzz tem nível 4 de autonomia e capacidade para 7 lugares, a fim de concorrer com o Model X. Volkswagen ID Roomzz é apresentado em Xangai
Divulgação
A Volkswagen apresentou em prévia do Salão de Xangai o conceito de um SUV elétrico para concorrer com a Tesla no mercado chinês a partir de 2021. É o mais recente movimento na agressiva estratégia de crescimento da montadora alemã na China, onde veículos elétricos recebem tratamento preferencial do governo.
Veja o que será destaque no Salão de Xangai
O ID Roomzz terá três filas de assentos e autonomia de até 450 km, além de permitir “condução autônoma de nível 4”, disse a VW. Nesse nível, o carro conseguem dirigir sozinho, mas poderá requerer a intervenção do motorista em alguma situação de emergência, por exemplo.
A Tesla já possui carros que conseguem andar sozinhos, mas dentro de certos limites. O sistema Autopilot está presente inclusive no Model X, o SUV que a Volkswagen mira com este conceito.
“Planejamos produzir mais de 22 milhões de carros elétricos nos próximos 10 anos”, disse o presidente-executivo do Grupo Volkswagen, Herbert Diess, acrescentando que cerca da metade dos engenheiros da empresa trabalhava em produtos destinados à China.
Eventualmente, o ID Roomzz poderá ser lançado em outros mercados, segundo ele.
Thomas Ulbrich, diretor de mobilidade elétrica da marca VW, afirmou que a montadora começará a produzir 33 carros elétricos em meados de 2023, usando a plataforma de carros modulares do grupo criada especialmente para esse tipo de motorização.
Ulbrich disse que o VW Group está convertendo 16 fábricas em todo o mundo para permitir a produção em massa de veículos elétricos, das quais 8 fabricarão carros da marca Volkswagen.
Herbert Diess, presidente do Grupo Volkswagen, dentro do ID Roomzz, conceito apresentado em Xangai
Divulgação